domingo, 31 de maio de 2009

SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO DE SERRA É LOBISTA DE EDITORAS DE LIVROS DIDÁTICOS

.

Escritório do tucano é vizinho de porta de cliente controlado por gigante mundial do setor O deputado federal licenciado e atual Secretário da Educação do governo tucano de José Serra, Paulo Renato Souza, é também o feliz proprietário da PRS Consultores, empresa criada em 2003, especializada na “Indústria do Conhecimento”. No rol de clientes desse insuspeito empreendimento cultural, é possível identificar alguns gigantes do mercado brasileiro de livros didáticos, como as editoras Positivo, Moderna e Santillana. Esta última, por sinal, é um caso à parte, já que, além de controlar as operações da própria Editora Moderna, tem sob seu domínio as editoras Objetiva, Salamandra e Richmond, o Sistema Uno de Ensino e a empresa de avaliação educacional Avalia. Guarde este último nome: AVALIA. Agora, sente-se, por favor. Observe o endereço da Avalia: Avenida: São Gabriel, 201, conjuntos 1408, 1409 e 1410, no 14º andar do Edifício Garden Tower Business, no chiquérrimo bairro paulistano do Itaim Bibi. E veja onde funciona a difusora da "indústria do conhecimento" de Paulo Renato, ex-ministro da Educação de FHC: Av. São Gabriel, 201, conjunto 1406. Para começar a compreender o que está por trás do pornográfico relacionamento dos tucanos com essa pujante "indústria do conhecimento", sugerimos que você clique aqui e releia o artigo de Rui Falcão, publicado em 03/10/2007, no Blog do Favre. Já podemos adiantar aos leitores deste Cloaca News que temos mate na cuia. A semana promete.

25 comentários:

quantotempodura disse...

jovem, tu é dos bons, viu?

Paulo disse...

É inexorável Cloaca,

Vim apenas para parabenizar-lhe pela excelente investigação. Novamente, como lhe é peculiar, você descobre o bico sujo da tuCANALHAda.

Farei um comentário melhor durante a semana, pois estou sem tempo de ler o artigo no Favre hoje. Contudo, pela data dá pra ver que a "putaria" da educação e os livros paradidáticos não vem de hoje.

Mais uma vez, parabéns por encontrar a ponta do iceberg.

Bom final de semana,

Paulo

NaMaria disse...

Cloaca;
eu sabia que pra um excelente entendedor feito você, nem precisa de uma vírgula.
Que alegria, que felicidade! Eu não disse? Sincronias digitais...
Este era o próximo passo, vc deu; mas certamente tem mais, mais, mais... O importante é sempre ir rumo ao passado,a teia é infinita.
Maravilha! Bjs procê.

zejustino disse...

Parabéns, Cloaca. Mais uma vez deixei no Blogoleone uma indicação para este texto no seu blog.

Márcia disse...

Chê,
Trilegal esta matéria.
As fontes para conseguir esta matéria foram exploradas sabiamente.
Admiro este tipo de investigação jornalística.
Realmente, sempre foi assim em outras repartições, saúde etc. O nome da empresa tem as iniciais do seu nome.

Parabéns
Abç

rx disse...

quando vamos ver isso na grande imprensa...

Anônimo disse...

Eu sabia que tinha alguma merda por tras de tudo isso!!!
Agora outra duvida:sera que o "especialista em livros didaticos",Ali kamel,ja fez a sua analise critica sobre as escolhas litero-pornograficas do governo Serra?
Se fez,por favor,mandem me o link.De ja agradeço!

Anônimo disse...

Os dados abaixo são públicos e estão disponíveis na JUCEB/ SP (física ou na internet).

Podem ser obtidos por uma certidão smplificada da empresa ou cópia do contrato social.

Razão social:

RENATO SOUZA CONSULTORES LTDA

CNPJ: 05.371.506/0001-20

Sócios:
Paulo Renato Costa Souza Costa – CPF: 009.529.580-15

Renato Souza Neto – CPF: 830.349.436-87

O endereço divulgado no blog está correto.

Anônimo disse...

Retificação de mensagem anterior

Razão Social:

PAULO RENATO SOUZA CONSULTORES LTDA.

CNPJ: 05.371.506/0001-20.

Sócios:
Paulo Renato Costa Souza Costa – CPF: 009.529.580-15

Renato Souza Neto – CPF: 830.349.436-87

O endereço no blog está correto.

Prof. DiAfonso disse...

Grande Cloaca!

Parabéns uma vez mais pelo trabalho! Excelente postagem! Postagem reproduzida no meu blog, na íntegra. Sr. Paulo Renato, dê-se ao respeito, sujeito imprestável!!! (Aqui no NE é assim, se o "caba" vier com mais-mais-mais será chamado às falas!!! rsrs)!

Abração!

Anônimo disse...

ficou muito chic in english:

PRS Consultores is a consultancy company specialising in the "Knowledge Industry".
It was founded in May, 2003 under the leadership of its Chief Executive Officer, Paulo Renato Souza, Brazil’s Minister of Education during the government of President Fernando Enrique Cardoso (1995-2002) along with Renato Souza Neto, an executive with experience of business, acquisitions and corporate finance with the J.P.Morgan Bank.

ai, que orgulho, ele fala ingles!!!

Abobrinhas Psicodélicas disse...

Prezado Cloaqueiro,

Para jogar um pouco mais de luz sobre esta bola que você levantou: há algum tempo atrás, em 2007, o jornal “O Globo” publicou uma série de reportagens “denunciando” uma suposta ideologização na escolha dos livros didáticos de História, distribuídos pelo MEC, atendo-se especialmente em uma obra que é uma das mais vendidas deste segmento editorial. Apesar de pessoalmente, não gostar do livro em questão, por considerá-lo fraco e com uma série de equívocos factuais e conceituais, ficou bastante claro para mim os interesses escusos que estavam por trás daquela campanha promovida pelo “O Globo” (e depois pela “Época”), que teve continuidade em diversas entrevistas e artigos de opinião de “personalidades” como Ali Kamel, Demétrio Magnoli e ... Paulo Renato de Souza. Na ocasião as citadas reportagens e artigos – preocupadas em insinuar que o governo estava “escolhendo” livros didáticos com uma “orientação política esquerdista” - omitiram dos leitores duas informações básicas: 1- como é que se dá a escolha destes livros didáticos; 2- tal processo foi estruturado durante o governo anterior, quando o Sr. Paulo Renato era ministro da Educação, e mantido (e aperfeiçoado) pelo atual governo. Para quem não sabe, a escolha é feita da seguinte forma: 1- As editoras enviam os livros, sem nenhuma identificação, para o MEC; 2- O MEC os envia para uma Universidade Federal credenciada que formará uma comissão de professores para uma “avaliação cega” da obra; 3- Esta comissão atribui um conceito ao livro, justificando o por quê do mesmo; 4- Estes conceitos (e comentários) são publicados no guia que o MEC envia para as escolas para que os professores escolham as obras que preferirem; 5- Depois de feita a escolha, o MEC compra o livro junto às editoras. Logo, ao contrário do que tais reportagens insinuaram na época, não há nenhuma ingerência do governo no processo de escolha. Mas não para por aí, dando continuidade à discussão o jornalão da família Marinho citou o exemplo do estado de São Paulo e de algumas prefeituras do interior paulista (todas tucanas), cujos governos preferiram, ao invés de receber gratuitamente os livros distribuídos pelo MEC, mandar fabricar apostilar com conteúdos supostamente mais afinados com a “realidade local”. Quem aparecia nestas reportagens, defendendo tal iniciativa? O então deputado federal Paulo Renato de Souza. E quem são os principais clientes da empresa do Sr, Paulo Renato? Os maiores fabricantes do país de apostilas! Simples assim, não?

Abraços.

Ps. As tais apostilas do governo paulista foram aquelas mesmas recolhidas recentemente por conta de erros crassos no mapa da América do Sul. Mas isto não dá manchete na grande imprensa...

SOLDADONOFRONT disse...

Cloaca,

Seria isto coincidência?

Ou seria muita coincidência?

:-(

Anônimo disse...

E se não for muitísssssimaaa estranha e reveladora coincidência, seria muittaaaaa conveniência.

SOLDADONOFRONT disse...

Que suspeita "triangulação" heimm, agora só falta levantar os Contratos desta com o estado:

- Positivo,

- Moderna,

- Santillana,

- Objetiva,

- Salamandra

- Richmond,

- Sistema Uno de Ensino.

:-)

V disse...

Olha... PARABÉNS...

Isso é que é jornalismo investigativo

Anônimo disse...

Caro Cloaca
É claro que sabemos que o PSDB governa com as empresas e pelas empresas, o trabalho de Namaria postado no Nassif foi fabuloso, agora mais este trabalho que você montou, vai nessa direção. Nesse ritmo fica claro que do povo o PSDB só quer os votos, mas o controle fica com a andar de cima.
Também já passei esta informação para os colegas.
Saudações
Avelino

Mike disse...

Parabéns Cloaca!

Mas cuidem para salvar os arquivos (os clientes da PRS Consultores, por exemplo) porque, como sempre, os gatunos tentarão apagar as pegadas.

Anônimo disse...

http://docs.google.com/View?id=dd7x8sqw_50hcrd2f39

vc viu essa baixaria sobre a dilma.
Poderia abrir baixarias sobre a Dilma. Outro dia num jornal do Paraná, saiu uma nota dizendo quanto é triste pra Dilma ser sozinha e não ter ninguém para amapara-la no cancer. Perguntar se o Kassab era solteiro foi aquele escandalo. se quiser procuro procê dessa baixaria.

Anônimo disse...

SERIA UMA “ENCOMENDA”?

A “Disneylândia” de Aécio Neves

por Ricardo Mendonça, de Belo Horizonte - Revista Época - 30/05/2009

Choque de gestão? Déficit zero? Esqueça. A nova marca do governador mineiro Aécio Neves é um palácio flutuante de Niemeyer num centro administrativo de R$ 1,2 bilhão. Conheça o projeto e faça um passeio virtual pela obra.

Em dezembro, a um ano do fim de seu segundo mandato, o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), deverá inaugurar a maior, mais cara e mais ousada edificação da história de Minas: um majestoso palácio governamental suspenso dentro de um complexo estatal que reunirá, em mais dois megaedifícios, as 18 secretarias de Estado e outros 33 órgãos da administração. Tudo projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, de 101 anos (confira ao final do texto um “passeio virtual” pela obra, em que é possível conhecer detalhes da construção).

Estimado originalmente em R$ 500 milhões pelo governador, as obras da Cidade Administrativa de Minas Gerais já estão orçadas em R$ 1,2 bilhão. Daria para fazer quatro hospitais como o Instituto do Câncer de São Paulo (antigo Instituto da Mulher), considerado o maior dessa especialização na América Latina, com 474 leitos. E ainda sobrariam R$ 120 milhões.

Além do preço, a Cidade Administrativa impressiona pelo tamanho, pela arquitetura e pela velocidade com que está sendo erguida. A área total do complexo é de 804 mil metros quadrados, o equivale a 97 campos de futebol como o do Maracanã. Quando estiver em pleno funcionamento, no fim de 2010, deverá abrigar 20 mil funcionários e receber, diariamente, cerca de 10 mil visitantes. Se fosse uma cidade real com essa população, seria maior que 82% dos municípios brasileiros.

Assim que tudo estiver pronto, no segundo semestre de 2010, os mineiros poderão pleitear uma citação no livro dos recordes para o palácio do governador. O prédio, segundo o escritório de Niemeyer, terá o maior vão livre em concreto suspenso da história da arquitetura: 147,5 metros de comprimento, o dobro do vão-livre do Masp, em São Paulo.

Apesar da crise, o canteiro de obras está a pleno vapor. Com 4.800 operários trabalhando simultaneamente, a construção atingiu seu pico de atividade em maio. Os engenehiros gostam de repetir que se trata da “maior edificação em andamento em toda a América Latina”.

O governo mineiro diz que fará economia com o novo complexo. Hoje, segundo a secretaria de Planejamento, o Estado aluga 59 imóveis em Belo Horizonte para abrigar diversas repartições. Com instalações próprias, estima-se que deixará de pagar R$ 30 milhões por ano com aluguéis. Além disso, serviços poderão ser unificados, como motoboys, refeitórios, motoristas e seguranças.

Quem não está muito convencida da conveniência do projeto é a oposição. “Essa construção é uma prioridade governamental, mas não é uma prioridade da sociedade mineira”, diz o deputado estadual Adelmo Leão, do PT.

“O palácio de R$ 1,2 bilhão é bom para fazer marketing, só que o governo ainda tem muitos problemas: Minas não cumpre com o piso nacional dos professores, não faz concursos e permanece como um dos únicos Estados que não cumprem com o investimento mínimo obrigatório de 12% das receitas na saúde”, afirma.

leia a matéria completa:

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI75212-15223,00-A+DISNEYLANDIA+DE+AECIO+NEVES.html

Anônimo disse...

FOLHA DE SP JÁ ESTÁ DANÇANDO

Circulação de jornais cai 6,7% em abril. Folha de S. Paulo, por exemplo, teve circulação 10,84% menor.

Sérgio Matsuura, do Rio de Janeiro - Comunique-se

Abril registrou a pior circulação média diária de jornais no ano. Foram vendidos 4.171.249 exemplares, número 6,7% menor que no mesmo mês de 2008. Na média acumulada de 2009, a queda é de 3,8%.

A Associação Nacional de Jornais avalia que os números do primeiro quadrimestre do ano são reflexos da crise que afeta a economia em geral. O diretor-executivo da entidade, Ricardo Pedreira, lembra ainda que o ano de 2008 foi excepcional para o setor, o que afeta a comparação.

“É muito diferente da situação dos Estados Unidos, onde existe uma crise na indústria. Aqui, é evidente que se trata de um reflexo da situação da economia. É uma situação passageira”, diz Pedreira.

Queda de dois dígitos
Em relação a abril de 2008, algumas publicações apresentaram índice de redução de dois dígitos. A Folha de S. Paulo, por exemplo, teve circulação 10,84% menor. No Extra a situação foi mais dramática: a queda foi de 25,69%.

A situação foi parecida no Estadão (-16,93%), Meia Hora (-15,4%) e Diário Gaúcho (-13,24%). Da lista dos dez jornais mais vendidos do País, em relação ao mês de abril de 2008, apenas o Lance! e o Zero Hora apresentaram crescimento, 4,55% e 3,58% respectivamente.

Fonte: Comunique-se
http://www.comunique-se.com.br/index.asp?p=Conteudo/NewsShow.asp&p2=idnot%3D52303%26Editoria%3D8%26Op2%3D1%26Op3%3D0%26pid%3D34982091225%26fnt%3Dfntnl

Anônimo disse...

O site da PRS consultores está fora do ar... Sabe-se lá porquê!

-- Manutenção-- diz lá.
-- Isso mesmo. Tão enfiando muito a mão na massa. Da massa. Os manu.
-- Que nada! e$$a Massa é nossa!

Mauro Bartolomeu disse...

Conheçam também a mutreta entre a Secretaria Estadual da Educação e a editora Abril no blog Sala dos Professores:

http://salaprof.blogspot.com/2009/05/revista-nova-ex-cola.html

Anônimo disse...

The end of Clomid analysis in treating infertility is to decree conformist ovulation pretty than cause the development of numerous eggs. Once ovulation is established, there is no perks to increasing the dosage supplementary . Numerous studies advertise that pregnancy usually occurs during the elementary three months of infertility therapy and treatment beyond six months is not recommended. Clomid can well-spring side effects such as ovarian hyperstimulation (rare), visual disturbances, nausea, diminished "rank" of the cervical mucus, multiple births, and others.

Clomid is frequently prescribed past generalists as a "leading crinkle" ovulation induction therapy. Most patients should be subjected to the fertility "workup" former to beginning any therapy. There could be tons causes of infertility in addition to ovulatory disorders, including endometriosis, tubal malady, cervical banker and others. Also, Clomid analysis should not be initiated until a semen analysis has been completed.
Clomid and Other Ovulation Inducti
Somali pirates proceed with their attacks against worldwide ships in and incomparably the Essentially of Aden, in spite of the strip of stepped-up intercontinental naval escorts and patrols - and the increased be remiss surrounding care of their attacks. At the beck agreements with Somalia, the U.N, and each other, ships relationship to fifteen countries up to rendezvous fustigate the area. Somali pirates - who sire won themselves wellnigh $200 million in save since well-spring 2008 - are being captured more innumerable times conducive to the ease being, and handed in to authorities in Kenya, Yemen and Somalia pilgrimage of trial. Nonchalant here are some justified wrong photos of piracy disappointing the drop away of Somalia, and the number efforts to maintain it in.
[url=http://c-rpa.org/sakya/members/clomid-and-cycle-length-97/default.aspx]clomid and cycle length[/url]
[url=http://cloudcomputingusersgroup.com/members/cervical-mucus-on-clomid-29/default.aspx]cervical mucus on clomid[/url]
[url=http://greatajax.com/members/glucophage-clomid-24/default.aspx]glucophage clomid[/url]
[url=http://www.alexthissen.nl/members/clomid-cancer-04/default.aspx]clomid cancer[/url]
tel:95849301231123

Anônimo disse...

you have a wonderful site!