segunda-feira, 15 de junho de 2009

RECORDAR É VIVER: AS RELAÇÕES DO SECRETÁRIO-LOBISTA DE SERRA COM SEU MANO DA MICROSOFT

A esta altura, imaginamos, a sindicância aberta pelo governo tucano de São Paulo para apurar rigorosamente as "responsabilidades" sobre o caso dos pornolivros distribuídos às crianças paulistas já deve estar quase pronta. Nesse interregno, resolvemos dar um passeio no túnel do tempo e resgatar uma bela história de amor fraterno.
. Corria o ano de 2001. O Ministro da Educação Paulo Renato Souza resolve dar uma força para seu brother Marco Antônio, que advogava para a Microsoft, e encomenda, sem licitação, 233.000 cópias do sistema operacional Windows para computadores que seriam entregues às escolas de todo o país. Tão cabeluda era a tramóia que até mesmo uma revista da Editora Abril noticiou.
Você pode se inteirar mais do caso aqui ou aqui. Se preferir, pode ler a sinopse do Correio Braziliense, de 01/09/2001. Por causa desta última reportagem, a propósito, os Irmãos Souza tentaram descolar mais uns trocados, em uma ação judicial por "dano moral". Ocorre que a dupla contratou como advogado um certo José Augusto Rangel de Alckmin, primo de Geraldo Chuchu e irmão do atual causídico da desgovernada Yeda Crusius. Resultado: no dia 22 de novembro de 2005, o Diário da Justiça publicou a sentença que você lerá na primeira coluna, ao clicar aqui.

8 comentários:

Blog da Dorinha disse...

Seria interessante dar uma "espiada" no contrato feito pela governadora Yeda com a Microsoft. A notícia veio à baila em um blog, e este reportou que foi feito um contrato de exclusividade para fornecimento deste sistema às escolas públicas. O que realmente aconteceu? Alguém pode ampliar este assunto? Sendo dinheiro público, não deveria ser utilizado o programa de software livre? Colaboração, por favor. Vamos agitar as cabeças, senão elas vão "rolar".

RC disse...

Sugiro comentários do blogue sobre dois temas:
A entrevista de José Aníbal ao Kennedy Alencar ontem na RedeTV! (péssima) e a situação do glorioso presidente do Senado Federal do Brasil.

Anônimo disse...

Você é bom!
Eita capacidade de tirar "esqueletos do armário"!!!
Tomara que se ligue uma coisa à outra e se de a resposta nas eleições, pro Serra.
Abçs.

Anônimo disse...

Que maravilha! ouvi essa noticia na época, muito discreta e nunca mais falaram sobre o assunto. Parabéns ... continua assim, garimpando esqueletos dessa tucanalha. Lú.

Messias Franca de Macedo disse...

José SAI-ney [da Academia de Letras Imorais] “revelou” ao Brasil [e ao mundo] que ato secreto da elite não se resume ao “despacho” diário no vaso sanitário!

Messias Franca de Macedo
Feira de Santana-Ba

Messias Franca de Macedo disse...

DATA VENIA II,


DA SÉRIE ELITE INFECTA E "CHAFURDENTA"!

Temos um episódio lapidar na fatídica era FHC. ACM, com livre trânsito no gabinete do tucanoDEMoníaco FHC, deu um soco na mesa do presidente, "voando papel pra todo lado". Arrostou FHC e esgrimiu: "Você diz que combateu os militares. Saiba que enquanto isto, eu dava tapa em muitos deles." E reportou acerca de um imbróglio resolvido no interior de um elevador. Um militar teria espalhado um boato relacionado a uma amante do Malvadeza. E ACM narrou a FHC que dera um tapa no militar, acertando-lhe o quepe. FHC teria ficado enrubecido!

Ô tucanoDEMoníacos de mau presságio, sô!

Messias Franca de Macedo
Feira de Santana-Ba

Assaz Atroz disse...

Caros, "As Organizações Globo sempre estiveram um passo atrás da "turba", de olho no "choque"; este, lá adiante, no meio da rua, pronto para baixar a ripa."

Leia no Assaz Atroz

Abraços

A. Webber disse...

Prezados,
Parece que a harmonia da dupla campeira Nosferatu & Galo Capão não vai muito bem.
Nosferatu não hesitará em patrolar seu secretário de [des]educação se não conseguir vários bodes expiatórios de porte para as brilhantes publicaçãoe pornográficas adquiridas.
Prossigam!