sábado, 14 de novembro de 2009

ESTÃO ZOANDO COM A NOSSA CARA

A desfaçatez completa pode ser lida aqui.

34 comentários:

Caetano disse...

Detalhe para o texto abaixo: "peritos vão analisar se as vigas estavam bem presas ao viaduto." Ué, mas não era o viaduto que deveria estar preso às vigas? Imagine se a parede de uma casa cai e você fica pensando se "a parede estava bem presa ao teto".

Humberto Capellari disse...

Caro Cloaca:
É óbvio que havia defeitos na obra. Eram quatro vigas, e três caíram. Por quê a tal quarta viga teimou em não cair? Ela estava com defeito, é óbvio.

Paulo disse...

Imagino o naipe desses peritos que vão comprovar o óbvio. Serão os Irmãos Metralhas travestidos de engenheiros meticulosos e imparciais. Pelo jeito o laudo sairá junto com a investigação e punição exemplar que o Nosferatucano prometeu no caso dos livros pornográficos para as crianças.

wilson yoshio disse...

A culpa é do vox populi. deu a queda do, já, ungido 2010/2018 em 4 %, e pelo efeito serrose 4 vigas, também foram afetadas. como? ora, quem com serra serra, com serra será serrado. aqui não tem terremoto, então deve ter sido os berros e impropérios do ocupante do Bandeirantes, que é pertinho dali...

Anônimo disse...

O culpado foi o serralheiro ou o serra 'alheio'?

Marcelle Bilheri disse...

Se esqueceram da Responsabilidade Objetiva (Art. 37, § 6º da CR).

trombeta disse...

Serra como zeloso administrador do dinheiro dos paulistas só vai pagar indenização às vítimas depois de 20 anos de processo, SE for comprovada a culpa do estado, claro!

Se fosse pros compadres da Veja, ele pagava primeiro depois iria ver se tem direito. hehehehe....

Marcos Vinicius Gomes disse...

Cloaca,

Passo pelo trecho do rodoanel diariamente para lecionar. Terça-feira, quando estava no ônibus indo para o trabalho, um funcionário que estava no mesmo ônibus que eu disse para o cobrador:'Puxa, estavamos erguendo a viga e ela rachou, daí vamos ter que fazer outra'. E deu no que deu. O trecho onde caíram as vigas é super movimentado mesmo para aquele horário pois é um trevo de acesso para outras rodovias. E foi um milagre ninguém ter morrido.E você viu, já começaram a desviar o foco, ontem no jornal Hoje especulam que os engenheiros no Brasil são mal formados, etc. Ué, mas até anteontem não éramos a quintessencia da engenharia civil mundial, não construíamos e exportávamos know-how para o mundo?Porquê essa mudança repentina de paradigma?

Anônimo disse...

Ah, a mídia brasileira.....

Desrespeitosa, acha que somos todos idiotas.

Luís Carlos P. Prudente disse...

As vítimas do Rouboanel do Zé Pedágio só serão indenizadas se elas:
1-Provarem ser filiados ao PSDB;
2-Provarem que votaram no Zé Pedágio em todas as eleições, desde 1962;
3-Disserem que o Zé Pedágio socorreu elas pessoalmente e que eles devem as suas vidas ao Zé Pedágio;
4- Disserem que a saúde pública do Zé Pedágio é a melhor do mundo;e
5-Participarem de hoje em diante da campanha eleitoral, e de graça,do Zé Pedágio.

Somente atendendo estes requisitos mínimos e básicos as vítimas do Rouboanel serão indenizadas!

Assinado governador Zé Pedágio.

Maja Desnuda Virtual disse...

Amei o fato de a "ponte soltar pó". Que cena.
Mas de acordo com o inexorável twitter do não menos calvo Sr. Serra, é "claro que a companhia vai pagar tudo" e ELE mandou retirar a viga que faltava cair. Esse twitter é o que há.

Emil disse...

Vim fazer fofoca: Usaram a imagem do blog lá no Luis Nassif, sem creditar, de novo.

Guillermo disse...

Prezado Cloaca,

Gostei muito deste Post. Muito mesmo. Sou engenheiro e dou aulas, dentre outras, de estática. É muito comum e justo os alunos perguntarem, "Onde eu usarei esse conhecimento?".
Então, eu gostaria de reproduzir esta imagem (com os destaques) numa apostila que estou elaborando para o semestre que vem (devidamente referenciada, é claro), como claro exemplo do que pode acontecer se eles não estudarem. Gostaria de sua permissão.
Minha crítica não se refere apenas a questão física, refere-se, também ao fato de ser facilmente manipulado por notícias ridículas como essa do G1.

Como não houve falha? Ela caiu!

Obrigado

lola aronovich disse...

Ha ha, rindo alto por aqui! Perfeito o título do post.
Deve ter um grande "Otário" escrito na nossa testa...

Michel disse...

Cloaca, se puder assista ao vídeo do Jornal Hoje de ontem (14/11/09), que livra o governo estadual de SP e insulta os engenheiros brasileiros:

http://g1.globo.com/jornalhoje/0,,MUL1379333-16022,00-VIGAS+DESABAM+SOBRE+CARROS+NAS+OBRAS+DO+RODOANEL.html

Aos 3:50 do vídeo, o JH mostra a sequência de desastres em São Paulo, a começar pela "cratera do metrô". Aos 4:27 a Globo, para não "perder a viagem", manipula a lógica para acusar a "conjuntura federal". Pois entra a repórter diz que "a sequência de desastres em São Paulo pode indicar algo muito maior". E o que seria essa coisa "muito maior"? Seria a incompetência do governo estadual em licitar e acompanhar obras que exigem apuro técnico? Não...

A repórter então começa: "alguns especialistas acreditam" (a velha generalização) que o problema pode estar na "deficiência na formação dos profissionais nessa área". O que??? Em seguida, a repórter, como a avalizar a tese, diz que o "responsável pela fiscalização do CREA reconhece que no Brasil faltam engenheiros que queiram trabalhar nos canteiros de obras.". Epa!!! Daí entra a fala do superintentende operacional do CREA-SP, que afirma que a incidência de acidentes preocupa e que faltam profissionais em campo no acompanhamento da obra.

Ora, o que o superintendente diz é pertinente e nada tem a ver com a "falta de profissionais qualficados no Brasil". Pois única verdade é esta: EM SÃO PAULO, por irresponsabilidade, faltam profissionais em campo (do contratante e do contratado) para acompanhar AS OBRAS DO GOVERNO ESTADUAL. Ponto.

eduardo disse...

vamos estar investigando...

cao@dino disse...

se a ponte soltou pó, o pai do mate
us cheirou tudo...

Marco disse...

LOL

Anônimo disse...

É óbvio que a culpa é do Governo Federal que décadas atrás construiu uma Rodovia em lugar errado! Serra ainda tentou dar um jeito nessa "barbeiragem" contruindo um viaduto por cima da estrada. Mas infelizmente nossos engenheiros não sabem direito como construir um viaduto e a trepidação dos veículos na estrada acabou por derrubar as vigas de sustentação. Devemos todos enaltecer as tentativas do Governador Serra e isentá-lo de culpa. A conta deve ser paga pela dupla Lula-Dilma.

OPINA disse...

É, nos somos azarados mesmo. Todo mundo passou debaixo de tal viaduto, menos o SERRA. É, somos azarados mesmo!

Ary disse...

A culpa é do barbeiro!

OPINA disse...

Páginas esquecidas da história:
-Viaduto da Gameleira, em Belo Horizonte-
-Viaduto Paulo de Frontin no Rio de Janeiro.
SERÁ que desde a década de 70 é que não temos engenheiros competentes???
São Paulo, fora com o Serra, Fora com a REde Globo.

Anônimo disse...

Ainda precisa de confirmação? Se não houve falha, o que houve então???

Guillermo disse...

Concordo com Michel e tem mais...
Se o problema é de engenharia a empreiteira não tem competência para a obra, então não deveria nem ter participado da licitação. A acusação da Globo é Gravíssima e deveria ser investigada.
Corre o risco do STF do Gilmar Mendes afirmar que fazer engenharia e como cozinhar e qq um pode.

Guillermo disse...

Concordo com Michel e tem mais...
Se o problema é de engenharia a empreiteira não tem competência para a obra, então não deveria nem ter participado da licitação. A acusação da Globo é Gravíssima e deveria ser investigada.
Corre o risco do STF do Gilmar Mendes afirmar que fazer engenharia e como cozinhar e qq um pode.

Anônimo disse...

Leia:
http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/11/15/empreiteira+mudou+vigas+na+obra+do+rodoanel+9096910.html

"Com o objetivo de baratear custos, o consórcio formado pelas empreiteiras OAS, Mendes Júnior e Carioca usou vigas pré-moldadas não previstas para os novos viadutos do Trecho Sul do Rodoanel. Pelo projeto básico, deveriam ser colocadas fundações de concreto conhecidas como tubulões, material mais caro que o usado hoje pelo consórcio na sustentação dos vãos livres.

A troca foi uma das 79 irregularidades classificadas como "graves" em relatório emitido pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em setembro. As auditorias foram realizadas em 2007 e 2008, nos cinco lotes da obra.

...

Em 29 de setembro, quase dois meses antes do acidente, o TCU relatou que o consórcio responsável pelo lote 5, onde houve o desabamento, fez alterações nos materiais e no projeto da obra, a fim de reduzir custos."

Anônimo disse...

Bem, do jeito que eles agem (mídia e a sua galera de protegidos), daqui a pouco eles vão dizer que a culpa é das vítimas ...

JoAo Aguiar disse...

Emil disse...
Vim fazer fofoca: Usaram a imagem do blog lá no Luis Nassif, sem creditar, de novo.

15 DE NOVEMBRO DE 2009 11:52

Está citado no alto da matéria, cê não viu ou botaram depois?

Luís Carlos P. Prudente disse...

Éhhhhh! O seo Cloaca tá ficando importante! Já saiu no blog do Nassif, mais alguns dias sai no New York Times!

Parabéns seo Cloaca!

Anônimo disse...

Tá certo! É bem sabido que vigas voadoras de isopor superfturadas, nessa época do ano são muito temperamentais, e não aguentam um Fiat 147 e uma Variant 74, passando ao mesmo tempo. Bem provável que a culpa foi das vítimas sim. Aliás, acho até que a culpa foi do chão que subiu, não das vigas que desceram.

Anônimo disse...

Flagrante o defeito na obra que ocasionou o desatre. Ademais como s etrata de uma concessionaria de serviço publico a RESPONSABILIDADE É OBJETIVA.

Remindo disse...

Posso jurar que esta turma do Rouboanel foram grandes contribuíntes da campanha Serra.

Fabio disse...

Caro Cloaca,
Nossa imprensa é livre...
Livre do compromisso com a ética e com a verdade.

Anônimo disse...

É a mania do "suposto" pra tudo quanto há. Daqui a pouco vão dizer que houve um SUPOSTO desabamento...