quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

PORQUE A CBN MANAUS QUER ASSASSINAR A REPUTAÇÃO DA MÉDICA BIANCA ABINADER

.
Conforme já divulgado pelo blog de Luis Nassif, uma sórdida campanha difamatória ocupa os espaços da rádio CBN de Manaus, emissora da Rede CBN, das Organizações Globo. A vítima do radiojornalismo criminoso é a jovem médica Bianca Abinader, dedicada funcionária de uma Unidade Básica de Saúde em um bairro carente da capital amazonense. Segundo o relato que recebemos de nosso cloacorrespondente em Manaus (leia a íntegra abaixo), Bianca Abinader era uma das organizadoras de um movimento civil independente que divulgava aos moradores de Manaus os nomes dos vereadores que votaram no Projeto de Lei que instituiu a Taxa de Resíduos Sólidos Domiciliares (TRSD) – mais conhecida como “Taxa do Lixo”. Ainda segundo o despacho de nosso colaborador, a iniciativa, começada em fins de dezembro, partira de um grupo de manauenses frequentadores da rede de microblog Twitter, e Bianca estava entre eles. A meta era espalhar, em outdoors, uma lista com os nomes dos vereadores que aprovaram a taxa, como forma de protesto. Misteriosamente, as empresas de publicidade, depois de aceitar e quase fechar contrato para a veiculação da lista, mudaram de ideia e recusaram a exibição dos cartazes, alegando retaliações por parte de pessoas ligadas à Prefeitura de Manaus. Um dos expoentes da torpeza movida pela emissora é um certo Ronaldo Tiradentes, de quem o jornalista global Marcos Losekan registrou a seguinte fala, em seu livro “O Ronco da Pororoca” (página 105) : - Coleguinha…meu pai me ensinou uma coisa: na vida a gente puxa uma carroça e se torna um perdedor ou puxa o saco para ser um vencedor. Eu preferi ser um vitorioso. Em tempo: Ronaldo Lázaro Tiradentes, ex-deputado estadual, é o proprietário da Rede de Rádio e TV Tiradentes, detentora da franquia da CBN Manaus, e titular de um blog no portal do conglomerado. . A seguir, o relato de nosso olheiro amazonense. . Radialista-michê da CBN do Amazonas compara atividade de jornalista a de um juiz
Por Carlos Lamarca, de Manaus
Quando não está ocupado demais lendo jornais impressos ao vivo fazendo de conta que pratica radiojornalismo, o despudorado Ronaldo Tiradentes – que, segundo o global Marcos Losekann, nem diploma de Ensino Médio possui – dedica seu tempo a escrever asneiras do mais baixo tipo em seu blog, que não por acaso fica hospedado no site principal de sua rádio, a CBN Manaus, afiliada da rádio homônima das organizações Globo, da famiglia Marinho.
A última pérola do sabujo foi comparar a atividade de um profissional de Jornalismo ao trabalho de um juiz: em outras palavras, para Tiradentes, um jornalista deve lançar mão de julgamentos na hora de escrever suas matérias. Quem não acredita, clique aqui dê uma passadinha no blog do sincofanta e veja você mesmo a asneira de marca maior. Mas, caso o pateta já tenha removido o texto do blog ou alterado seu conteúdo, tal como faz com os comentários dos leitores, já tratamos de salvar uma prova.
Quando vomitou tal opinião medíocre, Ronaldo Tiradentes falava sobre o caso de uma médica chamada Bianca Abinader, de 28 anos, que trabalha na Unidade Básica de Saúde No. 17 (UBSN-17), situada em um bairro carente da capital amazonense. Segundo o nefasto, a médica estaria faltando o serviço e deixando “centenas de crianças subnutridas” sem atendimento, fato que teria sido “comprovado” por uma “reportagem” da CBN Manaus realizada no dia 4 de janeiro, por volta de 11h30 da manhã.
O que o pulha chama de reportagem é, na verdade, uma afronta a instituição do Jornalismo. Na ocasião da “reportagem”, a médica em questão não estava. Segundo um funcionário da unidade de saúde, Bianca havia se dirigido até o Distrito de Saúde Norte (DISA Norte), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), para levar os relatórios de atendimento da unidade – fato comum em todas as unidades do gênero, já que os atendimentos são realizados mediante agendamento prévio.
Coincidentemente, a “equipe de jornalismo”, que havia estacionado um Fiat branco com a logomarca da CBN Manaus a dois quarteirões do local, chegou três minutos depois da saída da médica para “provar” as supostas e “constantes” ausências. Tal como fazem de costume, os “jornalistas” daquela emissora, munidos de microfones e gravadores sem a identificação da rádio, iniciaram uma série de perguntas sem ao menos informar às “fontes” quem são ou do que se tratam suas indagações. Tudo ao vivo.
O mais fascinante é que nas “reportagens” de “denúncia” da supracitada emissora, só quem sustenta os julgamentos de Ronaldo Tiradentes são fontes anônimas, do mesmíssimo modo como acontece em seu blog. Em nenhum momento, a equipe de “jornalismo” da CBN Manaus procurou a médica para que esta prestasse esclarecimentos, dessa a sua versão, enfim, se defendesse das acusações.
Nesta quinta-feira (7), três dias depois de ter seu nome sendo acusado de omissão e vagabundagem, ao vivo na rádio e sem qualquer direito de resposta, a médica Bianca Abinader, grávida de oito meses, deu a sua versão, em um site pessoal na Internet. A médica apresentou uma cópia digital de um documento emitido pela própria secretaria, onde nenhum tipo de desabono de conduta ou mesmo uma única falta foram registrados nos três anos e meio em que a médica atua, como concursada. Clique aqui e veja a defesa completa da médica.
Nesta mesma quinta-feira, a médica informou, mediante contato telefônico, que procurou alguns advogados da capital do Amazonas para acionar o pseudo-jornalista na Justiça, mas todos, embora considerem o caso de fácil resolução, se negaram a entrar no caso. Motivo: todos os advogados procurados afirmam ter algum tipo de “vínculo” com o “jornalista”, só não se sabe qual.
O mais hilário – para não dizer trágico da história – são as possíveis razões que levaram à “cruzada santa” da emissora contra uma mãe de família: pura vingança. Bianca Abinader era uma das organizadoras de um movimento civil independente que buscava apenas informar à população de Manaus os nomes dos vereadores que votaram na Projeto de Lei que instituiu a Taxa de Resíduos Sólidos Domiciliares (TRSD) – mais conhecida como “Taxa do Lixo”.
A iniciativa, iniciada em fins de dezembro, partira de um grupo de usuários de Manaus frequentadores da rede de microblog Twitter, e Bianca estava entre eles. A meta era espalhar, em outdoors, uma lista com os nomes dos vereadores que aprovaram a taxa, como forma de protesto. Misteriosamente, as empresas de publicidade, depois de aceitar e quase fechar contrato para a veiculação da lista, mudaram de ideia e se recusaram o trabalho, alegando retaliações por parte de pessoas ligadas à Prefeitura de Manaus. Poucos dias depois, o ataque a médica.
Até o presente momento, a CBN Manaus não se manifestou sobre o caso. E, se depender do “dublê de deputado estadual” e puxa-saco assumido, conforme diz o global Losekann, a rádio de Tiradentes não vai se manifestar, como sempre. Mas se você leitor, quiser saber um pouco sobre a médica Bianca Abinader, algo verdadeiro, clique aqui. . ATUALIZAÇÃO (14:30h, sexta-feira) . ESTES SÃO OS VEREADORES DE MANAUS QUE NÃO QUEREM MOSTRAR A CARA .

14 comentários:

André Lux disse...

Postei o seguinte comentário no texto "O caso Bóris Casoy: reações demonstram sociopatia neonazista", de autoria do suposto "jornalista" Fábio Pannunzio:

Prezado Sr. Pannunzio, o sr. publicou o seguinte comentário mais acima de um certo PAULO ROBERTO URBANO DA CRUZ:

"Fabio estes ataques ao Boris são motivados pelo odio que a tropa de choque petralha tem por ele, é o mesmo odio que eles possuem pelo Reinaldo Azevedo e todos que ousaram ir contra o apedeuta (para os petralhas que são analfabetos funcionais exclareço que quando digo apedeuta quero dizer lula)."

Sr. Pannuzio, o sr. sabia que a alcunha PETRALHA é ofensiva à moral dos políticos, filiados, militantes e simpatizantes do Partido dos Trabalhadores, ainda mais quando vem acrescida do termo ANALFABETOS FUNCIONAIS usado de forma pejorativa e preconceituosa?

O sr. sabia que a alcunha APEDEUTA é preconceituosa e ofensiva à moral do Presidente da República Luis Inácio Lula da Silva?

Se sabia, por que publicou o comentário supra citado, que é um típico exemplo de cyberbuling que o sr. mesmo tanto condena? Não foi o sr. mesmo quem bradou mais ao alto, como um vestal da moral e dos bons costumes, que "Injúrias, calúnia, homofobia, preconceitos de toda ordem serão censurados aqui, sim senhor."

O que o sr. tem a dizer, sr. Pannunzio? Quando o cyberbuling nazi-fascista o favorece é bem vindo? É assim que funciona a sua moral e a sua ética? Exijo uma explicação.

Vou publicar essa mensagem em meu blog para que todos tomem conhecimento do seu comportamento ambíguo e moralmente indefensável.

Larissa disse...

Enquanto isso, a CBN Brasil tá se lixando pra Manaus: http://naosenhor.blogspot.com/2010/01/cbn-ta-se-lixando-pra-manaus.html

Isabel disse...

Dessa história de filme de gangsters, tem um lado bom, eis que antes do PIG, a profissão mais estigmatizada na sociedade era a de advogado. Todavia, desde o momento que o PIG abriu mão da seriedade, credibilidade, respeito ao público, dentre outros valores, desse tempo em diante, quando for falar com um jornalista, tome cuidado, pois é muito provável que ele bata a sua carteira.

Anônimo disse...

Os porcos qerem respeito por serem porcos, ou porq sao jornalistas?

No JB, há 1 sujeito metido a "isento", cheio de qerer ser, de passar a imagem de "gente fina" e outras merdas do genero, coisas a la Ayrton Senna, pessoa malufista q sempre detestei )nao o piloto).

Pois bem, o tal MARCELO MIGLIACCIO, vigarista bem pago, escreveu isso:
"Boris Casoy debochou dos colegas, e não dos garis".

O testo é 1 belezura, líndimo, 1 merdavilha, só vendo.

Craro, a galera caiu de páu e eu junto.

De novo, CRARO, fui censurado e, prá nao dizer q nao falei das "froles", copio aqí o q o educado e bem preparado filho da p... (c/ respeito ás ditas) passou a me enviar:

"Error!
Não é possível executar tal ação pois sua faixa (apaguei aqí por ser privado) de número IP foi banida. A mensagem é: 'CAGUEI PRA VOCÊ'
voltar
05/01/2010 - 01:00 | Enviado por: Migliaccio"


Depois os fascistas, no Brasil conhecidos como "jornalistas" analistas e colunistas qerem respeito.

Vadre retro, bastardo!

Esse é mais 1 caso daqeles onde o idiota caga na porta do circo, e nos cham de MICOS/LEITORES.

Inté,
Murilo

Anônimo disse...

É o pessoal dos três pontinhos, a irmandade secreta, a boa e velha m........ em ação.

ARAKA disse...

Os fundamentalistas de plantão, estão perdendo o norte. Desejam uma liberdade, sem questionamento do contrario,acusam os outros por cometerem os mesmos atos que cometem.Todos os partidos que chegaram ou participam do poder cometem os mesmos crimes e usam as mesmas desculpas para justificar os antes, injustificáveis.Hoje, nem os partidos, fora do poder oficial, estão isentos de atos desonestos,pois continuam enganado o eleitor com as mesmas,inviaveis promessas.

Teresinha Carpes disse...

Araka,vc tem prática em fundamentalistas em?Você quer que a gente acredite que vc não é adpto a nenhum partido?Se não é adpto a partido nenhum,o que vc está fazendo aqui neste Blog?

Vera de Oliveira disse...

É por isso que essa quadrilha, chamada globo, brada tanto contra o Conselho de Jornalismo. Liberdade de expressão só vale pra eles. Esculhambam com a honra de gente honesta e trabalhadora e não lhes dão direito de resposta. Foi o que ocorreu com uma professora de Nova Odessa/SP. A pilantra da Renata Ceribelli mostrou uma matéria no Cansástico dizendo que a professora havia colocado um aluno de castigo atrás da porta, esquecendo-o ali no final do período. Em rede nacional, julgaram e condenaram a professora. Pais e alunos desmentiram a história e, em 2009, a justiça a absolveu. Perguntem se a escroto da globo deu à professora direito de resposta ou se pediu desculpas pela injustiça cometida?

fábio mello disse...

Barra pesada essa CBN Manaus, não?

ARAKA disse...

Sou apenas um cidadão, com muitas informações, reais adquiridas, não por manipulações ideológicas, mas com a realidade, cotidiana.Lido com fatos, não com paixões. Ser politizado é ter mente livre para pensar,e não ficar repetindo discursos de terceiros para chegar ao poder e repetir os mesmo erros.Não preciso fazer parte de nenhuma tribo política, so para ter um "chefete" dizendo o que eu tenho que fazer, para ele continuar se dando bem e enganando o real dono do poder;O POVO. A pessoa engajada politicamente,perde a noção da realidade.Não busca a verdade,quer impor a sua,entendeu Terezinha?

Luís Carlos P. Prudente disse...

O dono da franquia da CBN de Manaus tem semelhanças com o Hildebrando Paschoal.

A CBN, parece que em todos os lugares onde existe, é uma central pistoleira que está a serviço das elites reacionárias.

Também puderá, a central pistoleira faz parte das organizações globo!

Universo XXI Michael disse...

Postagem de Haddammann Veron em veemente repúdio na Internet:
"O Estuprador de Bicho postado Entre a Branca de Neve e Chapéuzinho Vermelho.
Depois de enganar quase todos os adultos de uma Nação, e fazer um outro mínimo de adultos conscientes e inconformados engolir um terrorismo pintado de céu e emporcalhado de extrema corrupção, o elemento que até os bichos na Natureza têm contas sobre sua nojeira pessoal, agora é colocado pelo amancomunado séquito de pulhas como diversão e estórinha pra infantes nos cinemas.
Depois de estoporar sem pena garotos e garotas e vidas e vidas para implantar o nojento Nazi-Medievo-Socialismo-Pulhítico-Divino, o FANTOCHE-Canalha com seu imenso rol de cupinchas deterioradores do solo da Nação Brasileira vira pinoquinho-esverdeado-vermelho-escuro, com uma estrela de sangue na testa; só falta ressuscitar e distribuir cruzes, pois as mentiras já foram mais pregadas que as do manual da eterna patifaria.
Que todo covarde e “esperto” apanhe nas mãos os restos que lhes dão “paz” e posem do lado do canalha e avolumem o coacervado pútrido que desgraçadamente está acabando com nossa Nação ... Vamos ver a conta e como vamos acordar de repente.
A Natureza repudia veementemente mostrando à Nação que não vai dar assinatura ao cúmulo a que chegou isso".

João disse...

Esta rádio está a serviço dos grandes "bandidos" da política baré, e tem por tras um bajulador de políticos. Manaus é Terra sem lei!!!

Valdir disse...

Gostei da reportagem, trabalhei no "O Cruzeiro", fui linotipista.

Em resposta a tudo isso, um comentário disse tudo que se tinha que dizer, eu gostaria de reproduzir um texto. Diz o seguinte:

"Isso faz renovar nosso epírito de luta contra estas bestas-feras que ainda estão soltas por aí e deram à luz a renovados filhotes."
Fraga Junior. É ex-preso político.