quinta-feira, 23 de setembro de 2010

EXCLUSIVO - CANDIDATO DO PSOL RENUNCIA PARA APOIAR PAULO PAIM AO SENADO

.
O candidato do Psol gaúcho ao Senado, Prof. Lucas, está retirando seu nome da disputa eleitoral para apoiar, incondicionalmente, o senador Paulo Paim, do PT, candidato à reeleição.
Professor aposentado da Universidade Federal de Pelotas, Luiz Carlos Lucas, de 63 anos, foi  militante ativo na luta contra o regime militar. Em 2008, concorreu à prefeitura de Pelotas.
.
ATUALIZAÇÃO
.
Durante a entrevista coletiva ocorrida nesta tarde, na sede do Psol, em Porto Alegre, o candidato do partido ao governo estadual, Pedro Ruas, formalizou o apoio a Paulo Paim.

FOTO: CARLA KUNZE

30 comentários:

Joaquim Dias disse...

É estranho... o Prof. Lucas é crítico mordaz do PT. Parece-me contraditório, sou da região de Pelotas e acompanhei o último pleito municipal em que o Prof. Lucas concorreu. Estranho...

Anderson Gonçalves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anderson Gonçalves disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
mari disse...

atitude de grande maturidade. a esquerda custa, mas amadurece.

Anônimo disse...

e o tal de "povo mais pulitizado" do universo? vai deixar de eleger um cara batalhador, trabalhador, decente como o paim, pra eleger uma sujeitinha cujo único "mérito" foi trabalhar na rede bunda suja, ou um dos piores governadores que o rs já teve (o famoso "lesma morta")...
se bem que, pra quem já elegeu yrc, simon, germano, eliseu quad... padilha, os salafrários da base aliada de yrc, britto e outras porcarias quetais...
bah!! meus parabéns, viu?
só dando com um gato morto nas guampa!!!!

Daniela disse...

Parabéns ao PSOL gaúcho, muito bacana! Pena que o PT do Amazonas não faça a mesma coisa.

Carina Kunze disse...

A luta do PSOL pelo fim do fator previdenciário, para que o reajuste dos aposentados seja vinculado ao do salário mínimo e para somar forças contra novos ataques à previdência é a luta que trava PAIM. O PSOL tem esta luta como uma das suas prioridades e por isso decidiu apoiar paim no segundo voto, não abrindo mão de sua candidatura própria, com Berna Menezes 500 como primeiro voto, e continua fazendo crítica ao PT nos termos necessários.
Prof Lucas e o PSOL foram de uma grandeza inédita, e seu apoio é realmente a consequencia da consonancia das vozes dos trabalhadores do RS que veem em Paim uma expressão de luta, uma luta que muitas fezes inclsuive o PT deixa de travar, como na questão do fim do fator previdenciário.

Ary disse...

Se não tivesse perdido o juízo, junto com o pescoço, era o que Marina deveria fazer. Se olhasse mais para a Terra do que para o céu, faria uma análise de conjuntura política com os pés no chão.

Anônimo disse...

mais uma grande atitude do psol. maravilhoso! não podemos perder o paim no senado!

rodrigo aguiar

Raphael Tsavkko Garcia disse...

É a superação de um sectarismo e uma lição nos que imputavam ao PSOL a pecha de direita ou de fazer jogo da direita! parabéns aos companheiros do PSOL do RS!=)

Aliá,s sempre bom lembrar - http://www.trezentos.blog.br/?p=4876

DAGMAR LAUS disse...

Esta foi a mais bela notícia desta campanha. Parabéns pela grandeza do PSOL e do candidato. Este é o meu Rio Grande do Sul e é por isso que tenho orgulho de ser gaúcha.

Anônimo disse...

Vamos aproveitar o mote e lançar a campanha "MARINA, APÓIE A DILMA NO PRIMEIRO TURNO, PORQUE, SE TIVER SEGUNDO, NÃO VAI PRECISAR..."
Ainda tem uma semana de propaganda na TV para ela desistir de ser terceira colocada.

Gustavo disse...

Fiquei positivamente surpreso com esta atitude do PSOL. Como diz o Tsavkko, é a superação de um sectarismo. Espero que isso abra margem para mais diálogo e menos paulada - pra isso, já basta a direita.

Fico imaginando como reagirão os psolistas que conheço, que não podem ver petistas nem pintados...

Registro meus parabéns ao PSOL-RS.

José Renato Moura disse...

O passo seguinte é coligar com outros partidos. Tenho afirmado para amigos que o PSOL precisa perceber que pode eleger vereadores em todas as cidades médias e grandes do Estado, caso não se isole. Essas pessoas são qualificadas, e fazem falta para puxar as Câmaras para a esquerda. Dá para coligar sem vender a alma ...

Anônimo disse...

E a Luciana não vai apoiar o Tarso?

Marcos disse...

A Marina entrou para tirar votos da Dilma. Ela está gostando deste papel, ecoando cada factoide criado pelo PIG-PSDB. É uma traíra das grandes.

Anônimo disse...

Triste fim de Marina. Daqui a pouco vai estar oferecendo apoio ao Zé erra em troca do Ministério do Desmatamento. Ou vai gerenciar o asfaltamento da transamazônica...

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Marina, mulher melancia: verde por fora, vermelha por dentro.

AF STURT disse...

Para lutar contra a direita e o racionarismo o PSOl fez sim a leitura certa e resolveu apoiar taticamente o cara do PT.Coisa que o pt NUNCA FAZIRIA,CLARO ELE prefere apoiar as oligarguias do que as verdadeiras esquerda.

O PT,hoje, não é de esquerda até quando vcs insistirão com isso?

è presciso fazer uma auto critica do PT se não ele vai virar o novo DEM do Brasil...

Anônimo disse...

'faziria'?????

Anônimo disse...

Foi uma atitude que me deixou extremamente aliviada, pois, mesmo que a mídia pestilenta diga que o Professor Lucas tem uma quantidade ínfima de votos nas pesquisas (como fez questão de comentar o filhote da RBS de quem prefiro não citar o nome e pra quem a meu ver o PSOL dá muita trela), o apoio do partido de Luciana Genro à candidatura do Paim deixa claro que na hora agá vamos sempre estar unidos contra a bandidagem e lutando pelo trabalhador brasileiro, como faz com tanta garra o nosso querido senador.

Acima de tudo, essa atitude mostra a maturidade política do PSOL gaúcho.

Parabéns, Luciana, Pedro Ruas, Robaina. Muito obrigada, Professor Lucas, o senhor ganhou uma fã.

Carina, minha amada filhota, nessa estamos juntas, contra a camarilha!!

Carla Kunze

Luís C. P. Prudente disse...

O PT do Amazonas tinha que ter a mesma grandiosidade do professor Lucas do PSOL e renunciar a favor da Vanessa Grazziotin.

vanpoars disse...

Não entendi!!!! Vou precisar de tempo e observar os acontecimentos!

Anônimo disse...

No último debate (23/09) entre os candidatos ao Governo de Pernambuco pelo o SBT, o candidato do PSOL, Edilson SiLva, mas parecia um "laranja" da direita. Suas perguntas foram "amáveis" ao candidato Jarbas Vasconcelos, enquanto sentou a lenha em Eduardo Campos, favoritíssimo à reeleição.
Qual o papel do PSOL?

Miguel Almeida, Caruaru-PE.

Luís C. P. Prudente disse...

Talvez o papel do PSOL em alguns lugares seja o mesmo papel do PV em todos os lugares do Brasil: ser uma linha auxiliar do PSDB na luta contra a Dilma e as forças progressistas.

Exemplo claro disto é a atuação que a Marina tem tido, atacando constantemente o Governo Lula. Será que a Marina nunca fez parte do Governo Lula?

Raphael Tsavkko Garcia disse...

Aproveito pra compartilhar: http://tsavkko.blogspot.com/2010/09/psol-e-paim-juntos-superacao-do.html

Raphael Tsavkko Garcia disse...

Aproveito pra compartilhar: http://tsavkko.blogspot.com/2010/09/psol-e-paim-juntos-superacao-do.html

Luiz Noleto disse...

O PSOL, PAULO PAIM E O EXEMPLO DE ZUMBI!!!

É conhecida a luta de Zumbi dos Palmares contra Gangazumba quanto este quis fazer um acordo com os escravocratas e o governo a fim de garantir a liberdade apenas àqueles que se encontravam no território de Palmares, renunciando dessa forma a luta e resistência contra a escravidão, exploração e opressão que eram marcas da sociedade colonial brasileira. Gangazumba aceito o acordo, pois achava que era um avanço conquistar a liberdade para os palmarinos mesmo que renunciando à luta pela liberdade dos outros escravizados e escravizadas, sem falar nas condições futuras de vida. Zumbi não aceito esse acordo, sua luta não era apenas pela liberdade dos Palmarinos era contra a estrutura escravista da sociedade brasileira.

Não aceitou renegar a totalidade de seu povo por promessas falsas, logo comprovadas com a prisão dos que aceitaram o acordo. Zumbi manteve-se firme em seu propósito e por isso é lembrado hoje com grande líder da luta pela emancipação da população negra neste país. Esse é o exemplo de Zumbi e Palmares. Esse é o exemplo de quem não rendeu aos acordos escusos com a oligarquia latifundiária e escravista.

Qual o exemplo de Paulo Paim, um senador que diz estar ao lado das lutas da população negra e, no entanto, fez o contrário de todo o exemplo histórico de Palmares e Zumbi. Foi por meio de Paulo Paim que o PT e o DEM fizeram um acordo maléfico e degradante para a população negra desde país ao desfigurar completamente o Estatuto da Igualdade Racial para satisfazer os interesses do agronegócio e dos latifundiários. Esse foi o exemplo de Zumbi? Fazer acordos com a elite escravista – porque é isso que é, ainda hoje, o DEM – é representar a luta contra exploração e opressão do povo negro? Claro que não!

A luta dos escravizados no Brasil não teve recuo, nem acordos escusos. Não ignorou a maioria em detrimento de alguns supostos benefícios que mais enganam do que fizeram avançar a luta dos negros e negras deste país. Paulo Paim representa este acordos e o Partido do qual faz parte representa o que temos de pior na história das traições da luta do da classe trabalhadora, e portanto, da população negra. Zumbi com certeza, não estaria no PT nem tampou apoiando candidatos do PT. Princesa Isabel com certeza estaria ao lado de Dilma e LuLa, assim como estão os Sarneys e Collor. Vai nosso repúdio o PT e a Lula por colocarem no mesmo patamar Luiza Mahim e Princesa lsabel. Luiza Mahim não autoriza essa desonra! Fiquem com Princesa Isabel, pois vocês se merecem. Como ensinou o filho de Luiza Mahim, Luis Gama quando se mata um escravocrata não é assassinato é resistência! Essa é a lição, qual é a lição do PT e de Paulo Paim: traição, acordos escusos?

E o PSOL? Cometer erros é humano, ficar nos mesmos é o que? Eles esquecem até porque foram expulsos do PT: - não foi por que discordavam desse partido? Não foi por que lutavam contra as determinações da direção neoliberal desse partido direitista? Alegam para apoiar Paim que este enfrenta as decisões partidárias. Então porque nunca foi expulso, como, por exemplo, foi a Convergência Socialista, também?

Paulo Paim faz o mesmo que o MDB representava na Ditadura Militar, ou seja, representava uma oposição consentida. Paulo Paim é daqueles que latem, mas não mordem. Por isso ainda está no PT. É em benefício dele que garante seus cargos eleitorais e daí não precisa voltar para as ruas, para o movimento social e do PT, pois garante a imagem de partido que garante as divergências internas e, por isso, é democrático. Cair nessa armadilha, não é apenas burrice intelectual e hipocrisia eleitoral é, sobretudo, mentira oportunista e abandono da luta direta em favor da classe trabalha e da população negra do Brasil.

Saudações socialistas a todos aqueles que ainda seguem os exemplos de Zumbi, Luiza Mahim e Luis Gama!!!

Rosenverck E. Santos

Professor da UFMA, militante do PSTU e do movimento Quilombo Raça e Classe!

Magali Castilhos disse...

Mais uma ação do PSOL que merece ser aplaudida. E quem conhece o Paim, sabe que ele merece esse 'voto de confiança' - esse apoio é muito bem vindo!