domingo, 26 de dezembro de 2010

A PATRIÓTICA DITABRANDA URUGUAIA, SEGUNDO A FOLHA

.

O que explicam os Pais dos Burros:
.

cívico
1. Ref. à condição de cidadão (membro de um Estado) ou ao conjunto de cidadãos de um país: Votar é um dever cívico.
2. Que é feito, realizado ou se manifesta em honra da pátria (espírito cívico; amor cívico); PATRIÓTICO [ antôn.: Antôn.: antipatriótico ]
 
Aurélio Século XXI

cívico
 1. Relativo aos cidadãos como membros do Estado
2. Patriótico   

42 comentários:

Cristiano Freitas Cezar disse...

E estão certos Sr. Cloaca.
As ditaduras nos países latino-americanos foram todas patrióticas: Defenderam o país dos interesses de seu povo.

A. F. disse...

Sr. Cloaca, você que anda informado das coisas. Quando chove muito em São Paulo, ficam boiando bolinhos fecais na Alameda Barão de Limeira?

Pelo jeito, lá, o jornalismo de esgoto fede, e muito!!

Feliz 2011 para todos, na luta contra a imprensa podre.

Alexandre Figueiredo - Blog Mingau de Aço

http://mingaudeaco.blogspot.com

Matheus disse...

Não exageremos. As ditaduras militares sul-americanas foram todas cívico-militares, mas não cívico no sentido de patriótico e sim no sentido de civil.

Uma parcela significativa da sociedade civil deu suporte às ditaduras.

Essa foi bola fora Sr. Cloaca, mas estou contigo.

Cappacete disse...

Comentário sobre o comentário acima, do Matheus. Cívico não tem nada a ver com civil, as ditaduras latinoamericanas foram civis-militares, ainda assim é bom ter cuidado com o termo civil, pois os não-militares que deram suporte as ditaduras nunca representaram mais que 30% de seus países, elites diminutas anti-povo e totalmente pró EUA.
Abs!

Cloaca News disse...

Caro Matheus: exageremos, sim. Civil é uma coisa, cívico é outra. A bola está em campo, pois.

Viqui disse...

Coitada da família da uruguai :(

Lagartixa disse...

Não tem desculpa pra usar as palavras cívico ou civil aqui, Matheus, a não ser que estejamos falando de polícia. A elite pode ter apoiado e sustentado até financeiramente as ditaduras, mas o poder de prender e matar esteve o tempo todo na mão dos milicos.

Anônimo disse...

Ditadura cívico-militar é a p.q.p.
Como é que um jornal que se diz sério expele uma asneira desta? Temos que tomar 'dramin' para ler uma nojeira como esta.

Castor Filho disse...

Prezado
Aqui na redecastorphoto tratamos os golpistas de MILICANALHAS (milicos canalhas). Estão impunes no Brasil escorados numa Lei da Anistia que eles mesmos promulgaram. São canalhas até nisso. Militares latino americanos em geral e "brasileiros" em particular são apenas jagunços de nossas podres elites. São tão ou mais podres que elas.
A Falha ditabranda nada mais é que um tentáculo da velha mídia que defende o golpismo 100% do tempo.
Abraço
Castor Filho

Paulo Morani disse...

Amigo Cloaca, leia em www.paulomorani.com o que escrevi sobre LUZ e TREVAS. Proponho que façamos uma lista do que é, LUZ e do que é TREVAS>
Abraços

Anônimo disse...

O Matheus está certo, Cloaca. Uma aula de história seria mais eficiente do que a consulta ao dicionário. Ditaduras militares são as de fundamentação absolutista que aconteceram principalmente na Europa Oriental e na URSS, no século passado. As ditaduras latino-americanas tiveram TODAS caráter cívico, pois, mesmo enquanto regime de exceção, não extirparam a cosntituição nacional e as leis civis derivadas. O voto popular não foi abolido ao todo, havia uma insossa e direcionada existencia sindical, etc. Leia um pouco mais outra literatura que não seja apenas jornais, meu irmão. Seu tietismo pela folha te atrapalha.

Tiro no pé, irmão.

Cloaca News disse...

Caro anônimo das 18:44h: que magnífica aula de História você nos deu!
Quer dizer, então, que nós, latino-americanos, éramos felizes com as nossas ditaduras e não sabíamos!

Toni Gumauskas disse...

Homens que violentaram,torturaram e mataram seus compatriotas,por conta de diferenças políticas...
Tais homens não tem pátria.
Não tem família.
Não tem alma.
E merecem ir para a cadeia!!
Homens da imprensa que apoiaram (e ainda apóiam)o poder exercido através da covardia,merecem o mesmo destino.
Afinal,fazem apologia ao genocídio...
Chamar ditaduras criminosas de cívicas,é mais que um acinte.
É um verdadeiro crime.

Anônimo disse...

Caro Cloaca, pra vc tudo é oito ou oitenta? Até em Auschiwtz houve alguns esporádicos e cada vez mais escassos momentos em que as forças nazistas permitiam a realização de tradições religiosas entre os judeus. Com base nisso, vc pode dizer que o holocausto não aconteceu?

Nuances, Cloaca. O terrível são as nuances!

Tréplica do anônimo.

Jorge Stolfi disse...

Caro Cloaca, quaisquer que sejam as simpatias da Folha por ditaduras, nesse caso acho que o repórter queria dizer "civil". Ou seja foi só mais um caso de analfabetismo jornalístico. como os submarinos de Porto Alegre.

Cloaca News disse...

Sr. anônimo da tréplica: não nos surpreende que você considere os nazistas bonzinhos...

Anônimo disse...

Ai,ai,ai, sr. Cloaca. Está se tornando difícil conversar com o senhor.

Ass: o anônimo do III Reich.

NITX disse...

Pensando bem, não foram os militares que realizaram o AI-5, fui eu.....
Se não souberem o que foi o AI-5, ele foi posterior ao AI-4 e antecessor do AI-6.........
E o AI vigorou nas masmorras dos DÓI....

Reg disse...

Um desejo para todos os comentaristas, para o... Sr. Coaca, para o presidente Lula e, sobretudo para a presidente eleita Dilma; uma música linda do Gonzaquinha.
http://www.youtube.com/watch?v=IHpuJ0ulvkM.

Reg disse...

Ops, Sr Cloaca, antes que me corrijam.

V disse...

Como uruguaio não posso aceitar a posição da Folha, ela é no mínimo uma ofensa ao Uruguay.
A ditadura foi sustentada por militares, infelizmente, aunque chamar de ditadura militar não seja completo, mas cívico-militar? É quase como dizer algo como nazi-cívico ou cívico-fascista. Ficou péssimo, não ficou?

A família Frias é uma família de colaboradores da ditadura, poderia ser diferente as palavras no jornal deles?

Quer a folha minimizar os anos de sofrimento, falta de liberdade, assassinatos, torturas físicas e psicológicas, seqüestros de crianças, mutilações, enriquecimentos ilícitos etc. etc.?

Chamar de ditadura militar, parece que foi coisa só de militares, não foi. Foi de um conjunto de canalhas, covardes e aproveitadores, entre eles, muitos latifundiários, “gringos o dueños deste país”.

Se alguém tentasse comprar um disco dos Olimareños, por exemplo, corria o risco de ser preso, torturado e morto. Tive uma professora que reclamou durante o hasteamento da bandeira em um dia qualquer: “¿Para que esta mierda, si no hay libertad?” Sumiu no mesmo dia.

Sou a favor de rever a lei da anistia, ela nunca poderia ter sido feita para os colaboradores da ditadura, torturador ou não. Pessoas que foram militares à época devem ser processados sim, e se culpados, devem ser exonerados sem aposentadoria, desonrados da farda, e nunca mais serem chamados de militares. Vou dar uma dica, podem começar pelos ex-alunos do Scholl of America. Mas não só militares, qualquer colaborador desgraçado deve pagar igualmente, principalmente se for servidor público, juiz, professor, médico legista, qualquer um.

Euler disse...

Ditadura cívico-militar? Me poupem. No máximo, uma ditadura civil-militar, na qual alguns empresários e banqueiros (a parte dita civil) financiaram e lucraram, enquanto a parte militar realizou o trabalho sujo.

Pena que a nossa "democracia" (com todas as aspas possíveis), ao contrário do que aconteceu em alguns países vizinhos, não proporcionou qualquer punição aos torturadores e financiadores da ditadura instalada pela força a partir de 1964.

Desmanche de Celebridades disse...

Sabe onde termina esse seu pormenor teórico na prática sr. Anônimo? em pessoas que acham que nem toda ditadura militar foi tão ruim assim.

V disse...

Completando. Infelizmente a ditadura foi militar sim. Entregaram-se à uma não-ideologia, tornaram-se mercenários sem pagamento (a maioria).

Cabe principalmente aos militares, limpar de seus quadros, os traidores que colaboraram contra as constituições de seus países. Gostaria muito de ver a justiça militar enviando estes traidores à justiça comum, algemados nos punhos e nos tornozelos. Nunca vi nada parecido.

Luís CPPrudente disse...

Os patriotas da Folha podem ser considerados fascistas democráticos ou democráticos totalitários.

Como alguém escreveu acima, estes patriotas da Folha são, na realidade, analfabetos, eu completo com político, eles são analfabetos políticos e fascistas, lambe-botas da caserna da época da Ditadura Militar.

Por acaso esse nome Juan Lacaze é um pseudônimo do reporco Toddynho?

lidia z disse...

O golpe de estado em Uruguai foi diferente dos outros golpes na América latina: continuou o mesmo presidente, um civil eleito dois anos antes, mas SEM constituição, parlamento ou eleições.
Se é civil-militar ou cívico-militar, não sei. Mas que foi mista, não só nos apoios quanto na figuração de cargos, isso foi.

@porra_serra_ disse...

Sou o tuiteiro @Porra_Serra_ e fiz uma compilação “O PIG nesses 8 anos”, citando os ataques da mídia ao Governo Lula.
São 33 colonistas golpistas do PIG com 40 frases deles atacando o Governo Lula
Ficou muito bom, caso queiram ver e divulgar, aqui está o link: http://frasesdadilma.wordpress.com/partido-da-imprensa-golpista/frases-nesses-8-anos/
Abraços

Anônimo disse...

sr cloaca,
ditadura civico-militar existe,
é o mesmo que pimenta no ... dos outros.............
é ótimo que esses jornais fascistas mostrem a cara,
é o caminho mais rápido que os levará para o inferno.
emerson57

Shitao.com.br disse...

LEI Nº 6.683 que previa anistia apenas a crimes politicos ou motivados por ele como diz § 2º Excetuam-se dos benefícios da anistia os que foram condenados pela prática de crimes de terrorismo, assalto, seqüestro e atentado pessoal. Porém os crimes cometidos por militares, foram motivados pelo abuso de poder excercido pela funçao e devem ser condenados. Precisamos abrir os arquivos já. http://www.shitao.com.br

alexandre disse...

O pior passou batido,seu cloaca.
a primeira frase é uma abominação.
'A família(...) recorreu á justiça SÓ para mudar a versão oficial de sua morte.
Como"só"? é pouca coisa? Uma mixaria? os milicos matam sua família e dizem que foi suicídio. "Só" isso?
como se alguém estuprasse a filha do gustavo hannemann e dissesse que foi "só " uma rapidinha.
grande post ,seu cloaca.

Ary disse...

Para esse tipo de imprensa, emprestar viaturas para que a ditadura matasse, deve ter sido apenas um ato de solidariedade.

Anônimo disse...

Como chamar de imprensa um tentáculo de apoio aos golpistas?
Apoiaram a subversão da ordem constitucional, onde depuseram um presidente eleito pelo povo, desrespeitando acintosamente o Estado Democrático de Direito.
E ainda participavam e acobertavam as atrocidades cometidas contra os militantes rebeldes ao regime de exceção.
Que falta de sensibilidade e consciência dessa gente, que perseguiam, prendiam, torturavam assassinavam e davam sumiço nos cadáveres.
Os familiares destes bravos resistentes, que morreram lutando contra os usurpadores do poder, até hoje não puderam dar-lhes um sepultamento digno.
Até quando ficarão impunes estes celerados que participaram desta barbárie contra a humanidade? Muitos foram os colaboradores, cúmplices, mandantes e executores deste horrendo crime contra a humanidade.

JMello disse...

Na época da ditadura uruguaia, qualquer recruta podia dar voz de prisão, inclusive a um policial civil. Foi uma ditadura de militares, assassinos, alias genocídas pois o Uruguay e um pais (ainda)com uma população pequena, ladrões, estupradores, anti patriotas e anti sul-americanos, lambe-cus dos coturnos norte-americanos apoiados por uma elite com as mesmas qualificações e que sempre estão a espreita para voltar ao poder. Para qualquer animal destes a pena de morte seria um premio, presidio neles pelo resto da vida.

Anônimo disse...

[O presidente Lula já teria desencadeado os primórdios da Ley dos Medios! O PIG está cortando os pulsos – “a hemorragia é linda”!]
###############################
Governo Lula põe publicidade em 8.094 veículos de comunicação
FERNANDO RODRIGUES
DE BRASÍLIA
28/12/2010 - 03h40

Quando Luiz Inácio Lula da Silva tomou posse, em janeiro de 2003, apenas 499 veículos de comunicação recebiam verbas de publicidade do governo federal. Agora o número foi para 8.094.
Esses jornais, revistas, emissoras de rádio, de TV e *"outros" estão espalhados por 2.733 cidades. Em 2003, eram só 182 municípios.
A categoria "outros" inclui portais de internet, blogs, comerciais em cinemas, carros de som, barcos e publicidade estática, como outdoors ou painéis em aeroportos.
Chama a atenção o aumento do número de "outros". Em 2003, eram apenas 11. Agora, são 2.512. A informação do governo é que a maioria é de sites e blogs.
Lula e sua equipe de comunicação não escondem a simpatia pelo novo meio digital. O presidente foi o primeiro a conceder uma entrevista exclusiva dentro do Planalto para o que a administração petista chama de "blogs progressistas".
Lula da Silva avançou na transparência em relação ao governo do tucano Fernando Henrique Cardoso.
Nunca existiu esse tipo de estatística até 2003...
Tudo somado, Lula gasta R$ 2,310 bilhões por ano com propaganda. Os valores são semelhantes aos do governo FHC, embora inexistam estatísticas precisas à disposição.
**A diferença do petista para o tucano foi a dispersão do dinheiro entre os 8.094 jornais, revistas, emissoras de rádio, de TV e sites. Um espetáculo de 1.522% de crescimento de veículos atendidos.

*os “outros”, leia-se, nós, os sujos!
**o autor da matéria não explicitou se esta ‘diferença’ é algo salutar, legítimo, justo e positivo para o aperfeiçoamento do processo democrático, a descentralização da comunicação estatal, ou não o fez por tibiez e vergonha de defender o modelo de FHC e dos seus patrões/barões: centralizador, corrupto, anacrônico, perverso, antidemocrático, cerceador da liberdade e do pluralismo, “e por aí toca o réquiem da ‘grande’ [e golpista] imprensa”!

Brasil Nação
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Anônimo disse...

[ Fabio ] Comparato exige referendo para
Congresso aumentar salário
- Por Paulo Henrique Amorim

Desabafa "as tripas" matuto 'bananiense'!

A melhor notícia após a eleição da Dilma Rousseff:
Comparato exige referendo para
Congresso aumentar salário
- Por Paulo Henrique Amorim

Brasil Nação
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

charlles campos disse...

Anônimo das 09:52, concordo com vc. Vejo que, assim como eu, vc se nega a participar dessa palhaçada que se chama partidarismo brasileiro. Pelos meses da campanha, gente do Serra xingando gente da Dilma, petistas alardeando a santidade do Lula e a beatificação da Dilma, os ditos "esquerdistas" nacionais, olhando-se na superfície pura e angelical do PT...Mal passam as eleições, o aumento obsceno de salário para essa corja.

Sr.Cloaca, se o sr se propõe a uma reação a isso que tá aí, na assim chamada mídia porca etc, por que o senhor não deixa de fazer essas criticazinhas choças contra os jornais e não começa a crítica contundente e firme contra algo muito pior, para o qual essa imprensa presta reverência: não cai em cima dessa tralha política brasileira, com Dilma, Lula, FHC, Serra e Sarney, tudo no mesmo saco.

Adianta apontar, todo cheio de emoção chorosa, para frases relativizantes da ditadura que saem na imprensa, se seu próprio presidente Lula virou as costas e corroborou com a anistia dos torturadores?

Chega de masturbação, sr. Cloaca.

luizmullerpt disse...

Seriam civico-militares tambem os caminhões da Folha que transportavam "presos" políticos para serem torturados na UBAN E no DOI-CODI? Depois de falar em ditabranda aqui, agora a Folha fala em Ditadura cívico-militar. Daqui a pouco os Frias vão querer prêmio por terem trasportado presos e talvez até corpos de políticos torturados durante o tal regime Cívico-militar daqui?? Nojenta a Folha, que não mede esforços para apoiar torturadores da época da ditadura ou para "abrir" arquivos de combatentes rebeldes. Estranho "civismo" com aparência evidente de chinelagem não com o português, mas com a índole cívica de brasileiros e uruguaios.

NITX disse...

Ih seo Cloaca, recomeçou o nanismo moral....

Arruda neles!

Anônimo disse...

Senhor Cloaca,

A "Casa Grande" do Gilberto Freire era com "sala" ou sem "sala"?

"Queremos provar que os da Sensala, podem tanto quanto os da Casa Grande. Foi essa necessidade de provar que me fez acreditar mais do que se acreditava nesse País", (...).

http://www.blogdafolha.com.br/index.php/materias/15762-presidente-lula-nao-discursa-faz-desabafo-em-suape-

Anônimo disse...

E ai Cloaquiha? Feliz por estar entre os 8 mil que recebem uma graninha do Lula?
Progredindo rumo aos cofres.

Anônimo disse...

Ser representado por um tronco petrificado diz muito sobre o homenageado, não?

Anônimo disse...

Seu Cloaca, o senhor não vai retornar das férias ? Estamos sentindo sua falta.