quarta-feira, 8 de junho de 2011

ZERO HORA: LIÇÃO DE JORNALISMO CASTANHO

.
Abaixo, trecho da reporcagem* de capa do tabloide Zero Hora, edição de quarta-feira, 8/6, página 5, sobre a ministra Gleisi Hoffmann:
.
Clique na imagem para ampliá-la.
.
.
* Neologismo cunhado por Antônio Mello, titular do Blog do Mello.

26 comentários:

Paulo disse...

Que jornaleco safado!

J. Eduardo R. de Camargo disse...

Confundir nomes claramente diferentes, como no caso, já é sinal não de ignorância, mas de debilidade mental! E essa informação de que o pai da ministra pretendia homenagear a atriz quando ela nasceu me parece pura invencionice. Ademais, só um surdo, talvez, poderia tomar Grace por Gleisi. Haja paciência chinesa com esse PIG!

Anônimo disse...

Depois reclamam do psdb e da globo. Basta ver essa barbaridade toda, da Ministra GLEISI, para fundamentar a próxima CPI. Na realidade, corromperam o cartório para mudar o nome dela. Ela é morena, mas gasta milhões para parecer loira. O pior de tudo, é que ela só come TAPIOCA. Tudo isso patrocinado com os CARTÕES CORPORATIVOS. Ainda, ela viajou o mundo todo, com os passaportes diplomaticos, dos filhos do LULA. O Prof. Hariovaldo Prado esta certo.

TAIGUARA disse...

Bem, só falta o Alvaro Dias pedir instalação de CPI para apurar alguma "irregularidade" na menstruação da ministra. Brincadeira.........

José do Vale Pinheiro Feitosa disse...

A ministra não parece com a Grace, mas se alguém já viu da Alice Faye cantando num musical de Hollywood, pode ver alguma semelhança. E daí? Nada! Conjunto vazio.

Marcelo Sperling disse...

isso mostra que a única coisa pra que serve a grande mídia é publicar fofoquinhas, e comentários engracadinhos.

Reg disse...

Esta história de dar nomes aos filhos de pessoas de quem se gosta, é uma prática comum no Brasil.
Meu pai deu o das pessoas de quem ele gostava aos filhos; mas nenhum deles de artistas e sim de assistente social, médico, professora, vizinha, tia.
Uma prática comum no Brasil e, por isto não acho estranho o nome da nova ministra ter sido dado em lembrança à Grace Kelly.

ProfeGélson disse...

Assim concluo que qd foi escolhido o nome desse tabloide fez-se uma homenagem em relação à credibilidade que teria junto aos gaúchos: ''ZERO,ORA''!!!!

Gilnei J. O. da Silva disse...

Será sai, nesse jornaleco da esquina? Essa aí:

Condenação: “Justiça de São Paulo condena o diretor da TV Globo Wolf Maia por crime de injúria com conotação racial”
O diretor e ator Walfredo Campos Maya Júnior, conhecido como Wolf Maya, da TV Globo, foi condenado a dois anos e dois meses de prisão pelo crime de injúria com conotação racial contra um técnico de iluminação que trabalhou em uma de suas peças. De acordo com a sentença, o ator Wolf Maya ofendeu-o ao chamá-lo de preto fedorento que saiu do esgoto com mal de Parkinson. O caso de injúria com conotação racial ocorreu em 12 de agosto de 2000, num teatro de Campinas.

FONTE: Rádio Justiça > http://www.radiojustica.jus.br/radiojustica/noticia!visualizarNoticia.action?entity.id=181587

CHIKO disse...

Não haveria um nome mais adequado pra esse jornalixo né. NOTA ZERO

Anônimo disse...

É o jornal que tem a nota no nome.

Wilsoleaks Alves disse...

É ZERO, ora...

Reg disse...

A novela das 8, 9 horas, sei lá, o banqueiro é preso.
Pergunta-se ao autor da novela: Depois ele foge?
Quem concederá HC para ele?
Para qual país fugirá, Itália?
Será que terá sua extradição negada e usufruirá com bunga bunga e tudo, na Itália?
"Emocionante".

Anônimo disse...

Cloacão, fora do assunto, o metrô de SP vai retirar BANCOS para aumentar a capacidade dos vagões! É mole???

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia/2011/06/10/metro-de-sp-reforma-trens-e-amplia-a-capacidade.jhtm

Anônimo disse...

Também pode ser um problema de "daltonismo" do sionismo guasca, que como sabemos, são a única raça perfeita e por isto são donos de jornal, tv e rádio...então tah.

Anônimo disse...

Quando penso que já vi tudo nesse mundo, logo me aparece algo estarrecedor: falo na eleição acontecida para a vaga na ABL onde o Jornalista Merval Pereira derrotou o escritor Antonio Torres. O inusitado me chama a atenção devido a comparação dos candidatos! O vencedor tem apenas um "livro" que se possa ler, o qual é apenas um apanhado de suas crônicas escritas em jornal, cuja temática é quase sempre falando mal de Lula ou do PT. E mais nada que se saiba!!! O Derrotado é um Escritor condecorado pelo governo francês, em 1998, como “Chevalier des Arts et des Lettres”, por seus romances publicados na França.Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, pelo conjunto da sua obra. Em 2001, foi o vencedor do Prêmio Zaffari & Bourbon, da 9a. Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo, RS. Antonio Torres: com livros traduzidos na Itália, Argentina, México, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra, Portugal, Bélgica, Holanda, Israel, Bulgária, entre outros é para mim o verdadeiro Acadêmico, mesmo sem o fardão, enquanto o Merval com fardão e tudo, é o dono da cadeira por direito, mas, repito, para mim não de fato... Machado se vivo fosse ficaria espantado com os novos critérios de acesso sua Academia; notadamente políticos!!!

Michel disse...

Colunista da Falha atesta tacanhez das reportagens (?) do seu periódico:

"A reportage da Folha pediu para ver as imagens. O pedido foi negado."

http://t.co/NIjoJqN

Anônimo disse...

Fiquei sabendo que eles mobilizaram uma quantidade gigante de jornalistas e seus informantes para dar essa notícia em primeira mão pra todo o mundo. E segundo soube também, houve uma briga muito grande na diretoria do jornal para saber se divulgavam ou não esse fato, devido à gravidade da informação.

ALEX disse...

"O MELHOR NEGÓCIO DO MUNDO É UMA PONTE COM PEDÁGIO"

A frase acima é do segundo homem mais rico do mundo, o americanoWarren Buffef, que completa: "A inadimplência é zero, porque você recebe na hora, e o motorista não tem por onde escapar" ...

Por este motivo o TCU quer rever os contratos deste negócio bilionário.

Os contratos de pedágio
Da Isto E, Adriana Nicacio

Lucro sem parar Tribunal de Contas da União quer rever contratos que fizeram dos pedágios um negócio bilionário para as concessionárias

Os valores exorbitantes dos pedágios no Sul e no Sudeste do País sempre foram motivo de aborrecimento para os motoristas. É irritante pagar as taxas sem ver melhorias nas estradas. A indignação agora ganhou uma aliada de peso. Há alguns dias, a presidente Dilma Rousseff informou a assessores próximos que vai pressionar a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para que exija a contrapartida dos altos pedágios em investimentos maciços nas rodovias. Dilma se baseia em um relatório do Tribunal de Contas da União que revela como esse negócio se tornou uma máquina de fazer dinheiro.

De acordo com o TCU, a rentabilidade anual da Presidente Dutra, administrada pela concessionária Nova Dutra, é superior a 17%. O Grupo Ponte S/A, responsável pela ponte Rio-Niterói, tem resultados ainda mais impressionantes. Sua taxa de retorno é de 24%, marca raramente alcançada por empresas privadas.

Para efeito de comparação, a Anac trabalha com uma rentabilidade média de 6% para a concessão de aeroportos. “O nível de rentabilidade esperado para tais empreendimentos foi calculado em 8,95% ao ano”, diz o ministro do TCU Walton Alencar, relator numa representação técnica contra as concessionárias.

matéria completa:

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/os-contratos-de-pedagio#comment-503736

fonte: Blog do Nassif (12-06)

Anônimo disse...

Poxa, nunca tinha pensado nisso. Você é chato e pedante, cloaca.

NITX disse...

Será inveja da Vênus platinada?

Rafael disse...

As inscrições para curso de pós-graduação em Gestão e Produção em Jornalismo vão até 19 de junho.
Público-Alvo:Profissionais graduados em qualquer área acadêmica.
Acessem o site para mais informações:
http://www.puc-campinas.edu.br/pos/lato/curso.aspx?id=60

Teresinha Carpes 13 disse...

Blogueiro e demais leitores,vou virar uma espécie de "Mulher Maravílha"sabem porque??Porque os médicos de coluna Hospital Mãe de Deus,decidiram implantar uma placa de titônio(será este o nome?)na minha coluna,por conta do tombo que eu levei no Schoping Praia de Belas,escorreguei no piso molhado,onde não tinha sequer uma placa!Vou ter que abrir o pescoço,Blogueiro!Blogueiro do Cloaca,me mande por email o blog da loirona linda que estava no teu lado,fiquei fã dela,já que ela disse que é minha fã(não foi isto que ela disse)

Dimas disse...

Quando não se tem nada a falar o melhor é ficar quieto. Esses boçais a soldo do PIG deveria fazer uso dessa máxima.

Anônimo disse...

Gleisi, gleise, gleiser, gleisiane e gleisiano são nomes de origem latina... Gleisi significa adorável... De onde tiraram essa idéia de grace do cebolinha? Algum confuso iletrado escreveria no máximo um greice, que pensando bem até que seria um aportuguesamento até válido... Mas como um cara que erraria isso escreveria hoffman certinho? Não escreveria rofiman? que reporcagem...

Sampaio disse...

Cadê o erro (se é que há), sr. Pùxador de Saco? A ministra é loura falsa, é isso? hehehe

Mas, enão, Sr. Babaca, diz aí, qual é o erro (se é que há)?