sexta-feira, 10 de julho de 2009

PORNOLIVROS: A SINDICÂNCIA DE ARAQUE DE JOSÉ SERRA E PAULO RENATO

.
Imprensa venal reproduz nota oficial dos tucanos, deixa tudo por isso mesmo e enxovalha a dignidade do Jornalismo
.
No último dia 1º de julho, publicamos aqui que José Serra, governador de São Paulo, dera, de viva voz, em telefonema direto à FDE (Fundação para o Desenvolvimento da Educação), ordem para suspender a "sindicância" que ele próprio determinara, um mês antes, para apurar as "responsabilidades" sobre a compra de livros "didáticos" impróprios para crianças.
Até aquele momento, um seletíssimo grupo de senhoras graúdas daquela Fundação esforçava-se para atirar no colo de subalternos a "culpa" pela lambança. Serra, porém, sempre soube quem eram as verdadeiras responsáveis pelas "más escolhas" literárias daquela casa, e julgando que o assunto já estava morto na imprensa amiga, mandou dar fim à investigação fajuta. No mesmo dia 1º de julho, o blog NaMaria News foi bem mais fundo no tema, e mostrou até fotos das Damas de Ouro de Zé Chirico e Paulo Renato. Duas semanas antes, o mesmo blog já trazia uma alentada e elucidativa postagem sobre o tema. Com a divulgação, por este Cloaca News, do telefonema e da ordem suspensiva, o bicho pegou naquelas bandas. Moscas cloaquentas que sobrevoavam aquele sodalício educacional zumbiram em nossos ouvidos que houve um abespinhamento generalizado. Com uma certa sensação de dever cumprido por ter denunciado a farsa tucana e apresentado as "culpadas" pelo episódio pornodidático, mantivemos, no entanto, nosso enrolômetro funcionando aqui na barra lateral. Queríamos ver até onde iria a promessa de "rigorosa apuração" feita publicamente pelo governo paulista. Eis que, 51 dias depois - e não 30, como o prometido - a Secretaria de Educação, comandada por Paulo Renato Souza, distribui "nota" com o surpreendente desfecho do "inquérito". No Estadão, teve até chamada na primeira página. Internamente, um primor de reporcagem sob este título: Sindicância culpa editora e consultora por livro ''impróprio''. No G1, o portal das Organizações Globo, a coisa saiu assim: "SP multará consultora que escolheu livro com palavrão para alunos da 3ª série". Neste ponto, contamos com sua paciência para dar uma olhadinha nos dois links indicados. Em seguida, compare os dois textos com este aqui, abrigado em uma "agência de pautas" chamada Maxpress: trata-se do press release oficial emitido pela Secretaria da Educação paulista. Curiosamente, a nota não está disponível nos websites da própria Secretaria nem da FDE. Dois dos maiores e mais influentes veículos de informação de nosso país preferiram comer na mão do assessor-fantasma Roger Ferreira a dignificar o verdadeiro Jornalismo. Bovinamente, Estadão e Globo limitaram-se a reproduzir a versão oficial, sem sequer questionar das autoridades o nome dessa misteriosa "consultora". Sem dizer da rídícula, estapafúrdia e grotesca responsabilização da editora pela publicação de um livro - onde já se viu editora de livros publicar um livro??? Então, diante deste escárnio promovido pelo governo tucano de São Paulo - sob os auspícios da Imprensa de Esgoto - este Cloaca News reitera, peremptoriamente, a postagem do dia 1º de julho, assim como subscreve, orgulhosamente, a opinião do blog NaMaria News. O enrolômetro do governador Zé Chirico e do secretário-lobista Paulo Renato Souza, por sua vez, continuará ativo. Pelo menos até que eles inventem uma história menos esfarrapada.

8 comentários:

Anônimo disse...

Bravo, Cloaca e NaMaria!!!
Abçs.

Lucio disse...

O trecho mais interessante da matéria da globo foi:

"O G1 tentou entrar em contato com a editora por volta das 19h45, mas sem sucesso."

Que primor de jornalismo. Olha como eles se esforçaram em fazer uma matéria imparcial.

Será que a editora tinha de que manter um funcionário de plantão 24 horas por dia para dar satisfação à globo?

Anônimo disse...

Para a MIDIA DA DIREITA, a culpada é a editora. As culpadas pelos altos pedágios, são as empresas que tem a concessão. O roubo das merendas das escolas, pelos tucanos/dem, e a consequente fome das crianças, é culpa dos "imensos" estomagos das próprias crianças vorazes. A nuvem de gafanhotos, que atacou a Africa em l714, foi culpa da ESQUERDA e do LULA. É por isso, que adoraria ver toda essa DIREITA MIDIATICA, pelo lado externo da cela, escrevendo mais verdades como essas.

Anton Webber disse...

Prezados,
em SP tudo segue límpido como o curriculum de Nosferatu Serra e a água dos córregos ja´despoluidos a seu gosto http://tvuol.uol.com.br/#view/id=corregos-tidos-como-despoluidos-seguem-sujos-em-sp-04023966C4897346/user=1575mnadmj5c/date=2009-07-11&&list/type=all/edFilter=all/sort=mostRecent/time=week/ .
A propósito de seu grande prêmio da "ONU" em Genebra, convém ver como se faz um "fake" curricular em http://www.paulohenriqueamorim.com.br/?p=13838 .
Prossigam, pelo Bem,
A. W.

Teresinha Carpes disse...

Caro Blogueiro,o famoso e querido cineasta Jorge Furtado,que ficou brabo,com as críticas feitas à editora!Mudando de assunto Blogueiro,que vergonha as cartas falsas que o Palácio Piratini,esparramaram par toda a mídia,atribuindo estas cartas a Lair Fest,que teria negado a autoria da denúncia que teria feito a ZH,e unca teria atacado a governadora Yérda Crusius(PSDB)até a assinatura do Lair foi adulterado!O Advogado do Lair foi denunciar esta mentira dos Tucanóforos a polícia,~els Lair e o Advogado que se cuidem a policia é comandada,por quem`Êles que se cuidem...

Mirian disse...

Mais uma na mosca, Cloaca!!!

Rui disse...

Lógico q a editora tem culpa! Serra tem economizar $$ em revisores pra fazer propaganda da Sabesp. Brincadeira, como jornais q se dizem sérios publicam uma besteira dessas?

Lucimar Justino disse...

Interessante! Já pensaram em comunicar esses fatos (uma investigação, pode-se dizer) ao MP-SP? O e-mail é patrimoniopublico@mp.sp.gov.br (ver http://www.mp.sp.gov.br/portal/page/portal/cao_cidadania).

Interessante também o contrato com o Assessor-Fantasma: a "merreca" de R$ 230.000,00.