terça-feira, 23 de março de 2010

100 ANOS DE PERDÃO PARA O HOMEM DOS NERVOS DE AÇO

.
No último dia 19, a Folha publicou “artigo” de Roberto Jefferson, já que a Folha publica qualquer coisa – inda mais se servir aos seus desígnios golpistas. Ocorre que o opúsculo de Bob Jeff fora, todo ele, construído sobre um “texto-base” enviado por um “colaborador petebista”, informação convenientemente omitida pelo signatário do libelo.
Não surpreende, agora, a notícia de que o texto que Jefferson tomou como seu, por sua vez, tenha sido fruto de vergonhosa usurpação: o verdadeiro autor das linhas – e das ideias – é ninguém menos que o filósofo e astrólogo Olavo de Carvalho.
.
Clique aqui para ler a divertida retratação de plágio feita pelo “advogado, cantor amador e motociclista”, guiada pelos seus instintos mais primitivos.

23 comentários:

Cesar Shu disse...

Putz, isto sim é precariedade editorial!

Paulo disse...

O cara, todos sabemos é réu confesso em desvio de dinheiro, é trambiqueiro dos grandes e agora até plagiador, o que estão esperando para botar esse cara na cadeia e jogar a chave fora?

Pedro disse...

Ele só vai para a cadeia quando for julgado com a quadrilha do mensalão.

Anônimo disse...

Moço,

honestamente não sei o que é pior,
se o plágio do Roberto Jefferson ou se ler os comentaristas em seu blog enaltecendo o 'deus/guru' do Olavo de Carvalho. Nunca leio os blogs da direita, mas arrisquei em teu 'clique aqui' e...putz!!! Detonam o Bob, bem como, vertem ódio, babam raivosamente e destilam chorume contra o governo Lula.
Não passarão!

abraço

Paulo Tadeu disse...

Nervos de aço o Maluf tambem tem e faz bem mais tempo!

Eduardo disse...

Só não entendi porque ele editou o texto "à sua maneira", e - no pedido de desculpas - ele afirma que o original é malhor.

VERA disse...

Espero que a ministra Dilma não caia no canto de sereia dos larápios do PTB, tipo Collor e Roberto Jeferson, por causa de míseros minutos no programa eleitoral. Já não se trata nem de fazer acordo com Judas, mas com o capeta mesmo!

Anônimo disse...

Dizem alguns que a filosofia é uma boa muleta para quem não sabe andar sozinho. Nela se encontra de tudo, menos a verdade.

Humberto Carvalho Jr. disse...

E ainda tem gente que acha que a Folhona é um exemplo de jornalismo. Faz um tempo, esse diário paulista só serve como saco de pancada na blogosfera.

As mentiras publicadas pela mídia gorda já não passa mais sem filtros. As ações dos blogueiros em combate da desinformação causaram notáveis abalos, inclusive finaceiros, nos veículos de comunicação golpistas.

A luta continua!

Peixoto/P.Prudente/SP disse...

Roberto Jefferson, Olavo de Carvalho???, Poxa, perdi o apetite, estragaram o meu Almoço. Não podemos nem falar sobre estas aberrações genéticas.

JBmartins disse...

Pessoal simplesmente ridiculo, visite o Blog do BOB, foi a primeira e a unica vez, fique com vontade de vomitar, o cara esta se achando, acho que não se elege nem para ajudante de sindico, ele que va se catar.

Anônimo disse...

E o encontro de duas horas do FHC com o Roriz, agora que o aliado Arruda se foi?

Anônimo disse...

Lendo o artigo do Olavo, eu tenho a impressão que o Brasil virou uma grande ditadura bolchevista, ao acordar ele deve ficando olhando se debaixo da sua cama tem comunistas..kkkk

Anônimo disse...

Impressionante que estatais nas mãos dos demos-tucanos só dão prejuizo.
Vejam o exemplo da Copel no PR.
http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=55123&tit=Copel-registra-lucro-liquido-de-R-1-bilhao-e-26-milhoes-em-2009&ordem=200000

Suzie disse...

Este BOB é uma fraude!
E seu advogado Barbosinha?
Cria fato "político" do gosto do PIG, quer porque quer: Lula depondo e enquadrado com réu.
Com isso, ganha espaço no PIG gaudério como "pré-candidato" ao Senado, no espaço do Zambi.
Pesquisando outros assuntos encontrei:
"Joaquim se irrita e reage
Relator do inquérito do mensalão no Supremo, o ministro Joaquim Barbosa não esconde de assessores a irritação com alguns advogados do caso. A queixa maior é com a defesa do ex-deputado Roberto Jefferson, a quem acusa de querer transformar o presidente Lula, que é testemunha, em réu – algo juridicamente impossível na fase atual do processo. Jefferson ainda tentou obter o depoimento de Waldomiro Diniz, celebridade financeira do PT, sem fornecer endereço preciso, como seria normal. Convencido de que enfrenta manobras demais, Joaquim pretende denunciar a situação numa das próximas reuniões do Supremo."
http://clipping.tse.gov.br/noticias/2010/Mar/14/vamos-combinar1268569942889

renato arthur disse...

O que Jefferson e Olavo escreveram é tão velho como andar para frente. Em resumo: "Só a direita tem legitimidade para governar. Quando a esquerda vence é de modo espúrio e é necessário derrubá-los nem que seja por golpe". E o picareta é tão incompentente que ainda copia as idéias idiota do reacionário.

Anônimo disse...

ô. Eu não sabia que o sr. Roberto Jefferson tinha Blog...
Brigado.

Anônimo disse...

Um absurdo o roubo de direitos autorais. Certamente estaremos lendo amanhã nos jornais de grande circulação e TVs concessionárias públicas, durante todos os dias da semana, de manhã a noite, indignados protestos e achincalhamento de toda a ordem. Exatamente o que fariam, com toda a razão se o Lider Partidário fosse do PT.

Paulo disse...

No perfil do blog o ex-excelência esqueceu de colocar, ex-integrante da tropa de choque de Collor e que apesar de ser ex várias coisas, uma não mudou: seu bom caráter.

beatrice disse...

FORA DE PAUTA:
o jair bolsonaro apresentou um requerimento dando “irrestrito apoio e solidariedade” aos presos políticos cubanos. O Brizola Neto encaminhou pelo PDT o voto "não", e disse que era absurdo isso "proposto por um apologista da tortura, do assassinato político, um homem que nem respeito aos mortos guarda, como é Bolsonaro." Pois o Bolsonaro voltou à tribuna e desandou com a velha cantilena mentirosa misturando Brizola e dinheiro de Cuba. Tanta irritação é porque Brizola Neto destacou o cartaz que o jair pregou na porta do gabinete onde se lê: "DESAPARECIDOS DO ARAGUAIA: quem procura osso é cachorro" [em linguagem gráfica] conforme demonstra o link.
http://www.tijolaco.com/?p=10491&cpage=1#comment-16142
Em que planeta vive o temmer que não enxerga essa quebra de decoro?

Marcos José disse...

"E ainda tem gente que acha que a Folhona é um exemplo de jornalismo."

??!!!!
Quem?!! Interne logo antes que seja tarde!!

ALEX disse...

OLHA QUE PITO NOS TABLÓIDES:

http://www.youtube.com/watch?v=klpnHJWrH24&feature=player_embedded

zejustino disse...

Só uma observação para o comentário do Pedro:

Quem inventou essa baboseira do mensalão foi justamente o Bob, o canastrão advogado de porta-de-cadeia. O boquirroto covarde inventou e pagou caro por isso porque não provou. Não provou porque nunca existiu. Mas, e há sempre um mas, o beiçudo falou, arrotou e "cantou" bem alto para todos ouviram que êle recebeu alguns milhões e queria um "documento" do PT comprovando esse recebimento.

Se você for um pouquinho esperto perceberá que no "mensalão" do Bob as pessoas envolvidas recebiam recursos nos Bancos. Elas assinavam os recebimentos. O dinheiro envolvido era de emprestimos feito ao tal Marcos Valério e não ficou provado ATÉ AGORA a participação de recursos públicos nesse negócio.

Alguém viu em alguma dessas emissoras por aí, todas de rabo preso com a direita hidrófoba e o Departamento de Estado ianque, passar algum vídeo mostrando petistas colocando dinheiro em meias, cuecas, calcinhas ou ceroulas?
Não! Ninguém viu! Mas todos nós que tiveram saco e paciência de acompanhar todos os dias as CPIs corruptas dos Correios e do Bingo vimos corruptos históricos, coronéis famosos que participaram alegremente da ditadura militar e moleques entreguistas tucanos e de outros partidos inventarem todos os tipos de mentiras e calunias contra o PT, o Presidente da República e seus familiares.

Por falar em moleques entreguistas, veja agora o que está acontecendo no Congresso a respeito do Pré-sal. Observe bem e você verá quem recebe mensalão de corporações petroleiras estrangeiras.

Não perca seu tempo com o Bob. Além de covarde, é um sujeito imundo como todo mercenário.