sábado, 4 de junho de 2011

MARCELO TAS SAI EM DEFESA DE “PIADA” DE AUSCHWITZ

Em uma entrevista que entrará para os anais da História do Jornalismo como divisor de Eras, tal a relevância e a complexidade epistemológica do pensamento do entrevistado, o engenheiro, jornalista e apresentador Marcelo Tristão Athayde de Souza – Marcelo Tas – chamou de “fascista” a atitude das pessoas que tacharam de nazista uma “piada de 140 caracteres”.  Tristão, que agora deu para ameaçar seus críticos com processos judiciais, estava, provavelmente, fazendo alusão à “piada” que seu pupilo Danilo Gentili, do programa CQC (Rede Bandalha) difundiu no Twitter, dia 12 de maio último, em que dizia entender “os velhos de Higienópolis”.
Para tomar conhecimento das ideias transcendentais (no sentido kantista) deste titã hodierno e conferir seu extraordinário senso de humor, vá até o Portal Imprensa.  

29 comentários:

Geopolêmica disse...

pra quem acha que o que postamos na internet em nossos blogs não "chega" ou nõa "incomoda" a esses caras, está aí a resposta! Esse tal "marcelo tas" ficou muuuito puto! E eu rindo à beça da cara-de-pau dele.....kkkkkkk.....

Luis R disse...

Grana, filho.

Chico disse...

Chora a classe-mérdia colonizada de Porto Alegre. Fechou a lancheria Joe`s! Aonde os filinhos de papai de enfiavam na década de 70 para falar ice cream, Milkshake e hotdog com seus doginhos. Teve uma turma do antigo POC na década de 70 uma vez que falou em empastelar a lancheria dos almofadinha, dar uns cascudos neles, mas ficou no papo. Não sei porque choram, ainda tem o Burger King, MacDonalds e o resto do lixo gastronômico ianque assolando a cidade

Euro 2010 disse...

Tudo que se posta contrário aos nossos princípios incomoda, até mesmo por isso vcs se posicionaram contra o que o Gentili escreveu. Só acho que piadas a gente acha graça ou não, mas não se discute. Piada sempre é sobre alguma desgraça, pois até a calça do palhaço caindo é uma desgraça, e a desgraça dos outros sempre são engraçadas prá alguns. basta ver que vc ficou rindo muito pq o Marcelo Tas ficou muito puto. Será que isso é engraçado pata todo mundo?

Teo Ponciano disse...

Taí o brilhante BIG BOSS Tas!!!

Blog do Ivanovitch 2 disse...

Gentile quem assiste esse Tas de
CQC?

Rivaldo Moraes disse...

Você tachar uma piada de 140 caracteres de nazista, é uma atitude muito fascista(?)@mtas

Dúvida: quantos caracteres precisa p/ piada ser nazista? @rivaldomoraes (twitter)

Letícia Rodrigues disse...

"Só acho que piadas agente acha graça ou não, mas não se discute."

Agora humor virou religião, não se discute. É só vc dizer "é humor" que ninguém pode te questionar.

denis dias ferreira disse...

Nazista é a pessoa que tachou de fascista a pessoa que tachou de nazista a piada do CQC.

Reg disse...

Um elefante incomoda muita gente, dois elefantes incomodam, incomodam muito mais...
Um blogs sujo incomoda muita gente, dois blogs sujos, incomodam, incomodam muito mais.
Gente diferenciada, relevem, porque agora ele está sendo entrevistado pelo portal da imprensa tucana, a fim de chorar suas mágoas.
Ô coitado!
O CQC, da band, vai pelo mesmo caminho dos humoristas do Casseta e Planeta, audiência caindo, caindo, até sair do ar.

Anônimo disse...

Acho que o Tas deveria voltar a fazer aqueles programetes infantis.

NITX disse...

Pensei que ele fosse parente do Marcelo Mostraoinhame e não do Tristão do Ataúde. Esse negócio de pregar moral de cueca só a ditadura pode. Quero ver esse infiliz sair da fossa em que nada, é!

Ed disse...

quem é marcelo taz?

Ta na boa disse...

Humm que q novelo enrolado heim?!! Eu lembro de uma matéria inteira esculachando com as mães fazendo comparações ridículas.

Agora vem com esse papo... humm sei sei...

V disse...

Quem é esse tas?
Nunca vi mais careca. Só sei que tenta fazer graça com ódio às minorias.
Parece da turma da massa cheirosa.

Alexandre Guimarães disse...

Conceitos Marcelotasianos

Democracia é quando eu mando, ditadura é quando você manda!
Liberdade de expressão é quando eu falo, calúnia e difamação é quando você fala!
Jornalismo imparcial é quando eu faço, manipulação de informação é quando você faz!
Piada inteligente é quando eu faço, piada preconceituosa é quando você faz!
Quando faço piada sobre minorias discriminadas é humor inteligente, quando você faz é preconceito e merece processo!
Quando escrevo errado é proposital para demonstrar o popular, quando você escreve errado é burrice!
Meu ego não é inflado, sou mesmo superior! Você é inflado porque tem a barriga cheia de lombrigas!
Ah, quer saber, eu sou "PHóda" e posso tudo, o resto que se "Phôda"!

José Carlos J disse...

Liberdade de expressão exige responsabilidade. À liberdade de fazer o que alguns chamam de piada, corresponde à liberdade de alguém se sentir ofendido. Será que o Gentili acha que a viagem a Auschwitz foi recreativa?
Será que ele estudou (pelo cérebro que ele tem, parece que não) história?
Um dos sérios problemas atuais é dar "voz" a pessoas que não têm cérebro para formular idéias.
Boas, ou más, há de haver um cérebro pensante. Estamos assistindo à formação de macacos adestrados a pular e a rir. Precisamos de gente com senso crítico.

Wilsoleaks Alves disse...

Euro 2010
Apesar de você ser Euro, tua mãe só dava uma saidinha por dólares...
HuhUHAHahuHAUaUAHuhUHAHahuHAUa!!
Não vá se ofender Euro 2010, é só uma piada, viu? Uma desgraça de piada sem graça, mas ainda assim uma piada.
Se você não quiser rir, entenderei.

Remindo disse...

Folha, o jornal que desconhece o Brasil!

Hell Back™ disse...

O direito de um termina onde começa o direito do outro. Simples assim!

Ricardo disse...

Piada é que nem religião, não se discute. Na verdade religião é a maior piada de todas.

Anônimo disse...

Esse CtrlC/CtrlV de programinha argentino deve estar numa disputa ferrenha com o tio(dele)rei para a vaga de: "VOTE EM 1 CARECA E GANHE 3"

Letícia Rodrigues disse...

Piada, pregação religiosa, comentário no twitter, tudo isso é discurso, e deve ser discutido.

Dizer que qualquer coisa "não se discute" é a saída de quem não tem argumentos para participar da discussão.

Anônimo disse...

Marcelo Tass,
"Viva Hitler" é uma manifestação nazista e tem apenas 10 caracteres.

o Cínico disse...

Não foi piada nazista, foi "só" anti-semita(no sentido "comum" da palavra).
dddduuuuhhhhh

Anônimo disse...

Ah, qualé Cloaca, vai pagar uma de idoneidade moral acima de toda prova agora? Esse seu blog tá cheio de homofobismo direto, piadinhas de gay e derivados. Te enxerga!

Anônimo disse...

Muito triste a atitude do Tristão.
@GersonCarneiro

Ary disse...

Woody Allen, um dos judeus mais famosos do mundo, num de seus filmes (aquele em que o homem mata a esposa para ficar com a cunhada), num dos muitos diálogos em que evidenciava a sua paranóia, lascou a seguinte frase: "diziam para entrarem lá, afinal, era um simples banho de chuveiro". O Marcelo é um baita bunda-mole (aliás, o que tem de Marcelo bundão - Itagiba, Madureira, Tas...), mas, salvo melhor juízo, todas as piadas são politicamente incorretas (judeus, negros, freiras e padres, louras, anões, pobres, gays, lésbicas, animais, índios, crianças, velhos, gordos, deficientes físicos e mentais, grávidas, bêbados,católicos, luteranos e evangélicos, portugueses, garotas de programa, etc.). Através das piadas, exteriorizamos nossos preconceitos. Acho por exemplo, que a grande piada é o fato em si, a falsidade que se quer transformar em verdade.

Anônimo disse...

agora eu discordo plenamente.

criticar uma piada é falta do que fazer.